nsc
nsc

TAPA-BURACOS

Motoristas anunciam "torneio de golfe" nos buracos da BR-470; chuva atrapalha obras

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
19/10/2021 - 12h56
Torneio não vai acontecer, mas brincadeira engrossou movimento por melhorias na BR-470
Torneio não vai acontecer, mas brincadeira engrossou movimento por melhorias na BR-470 (Foto: Reprodução)

Só com muito bom humor para suportar os buracos da BR-470. Em Rio do Sul, motoristas inconformados com a falta de manutenção da rodovia anunciam um "torneio de golfe" em pleno asfalto. Não faltam crateras para servirem de alvo. O evento via redes sociais ganhou a adesão de quase 3 mil pessoas e ensejou uma série de posts que ridicularizam a situação da estrada e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). As obras de recuperação da pista, prometidas desde o início do ano, estão atrasadas devido às chuvas.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

O criador do evento no Facebook, Antony Maçaneiro, diz que transitar entre Apiúna e Rio do Sul virou roleta-russa. É impossível desviar de todos os buracos.

— A ideia é vencer os responsáveis pela manutenção da BR-470 com humor — disse.

Com as chuvas de outubro, a situação agravou-se. Os buracos ficaram ainda mais numerosos e os que já existiam estão mais profundos. Borracharias ao longo do trecho têm dificuldade para atender a tantos pneus furados, principalmente à noite.

> Trecho esquecido da BR-470 sofre com falta de manutenção.

A boa notícia é que as obras para restaurar o pavimento começaram. Máquinas da empresa LCM, de Minas Gerais, estão concentradas no trecho de Apiúna nesta terça-feira (19). O asfalto velho está sendo raspado para em seguida ser substituído. Em trechos menos críticos, uma operação tapa-buracos vem ocorrendo nos últimos dias. Segundo o DNIT, a chuva está atrasando os trabalhos, que devem ser concluídos até o fim do ano.

Trabalhos estão concentrados em Apiúna nesta terça-feira
Trabalhos estão concentrados em Apiúna nesta terça-feira
(Foto: )

O contrato para reparos emergenciais prevê R$ 30 milhões para todo o trecho de 126 quilômetros entre o Médio Vale do Itajaí e Otacílio Costa. O dinheiro é considerado insuficiente para dar condições adequadas ao tráfego pesado da BR-470.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

História: Como surgiu a BR-470

A nova central do trânsito de Blumenau faz mais do que multar

Presidente da OAB Blumenau abre mão da reeleição para disputar cargo estadual

Quando Blumenau poderá comemorar o fim da pandemia de Covid-19?​​

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas