O Rio de Janeiro vai misturar ritmos brasileiros com tradição alemã na terceira edição da Oktoberfest em território carioca. Shows de samba, como Raça Negra e Belo, dividirão espaço com grupos germânicos em dois palcos que serão montados à beira-mar, na Marina da Glória. A versão carioca da festa será em dois fins de semana, entre 14 e 23 de outubro.

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Estão na agenda 20 shows, a maioria de artistas nacionais consagrados, como Alcione, Alexandre Pires, Diogo Nogueira, Seu Jorge e Marcelo D2. Do lado alemão, estão previstas apresentações de grupos folclóricos e conjuntos musicais de Petrópolis (RJ), cidade que promove a sua Oktoberfest em junho. Também estão previstas atrações típicas, como chope em metro.

O ecletismo da festa chamou atenção de usuários do Twitter. Um post com o cartaz das atrações viralizou na noite de terça-feira (16).

Cartaz com atrações viralizou no Twitter
Cartaz com atrações viralizou no Twitter (Foto: Reprodução Twitter)

A exemplo da Oktoberfest Blumenau, o evento no Rio de Janeiro não ocorreu nos últimos dois anos devido à pandemia. Ele é promovido por uma empresa, mas com patrocínio da prefeitura e apoio da Lei de Incentivo à Cultura. O espaço tem capacidade para 10 mil pessoas. O ingresso mais barato custa R$ 80 (meia).

Continua depois da publicidade

São Paulo

Em São Paulo, a Oktoberfest no Ibirapuera já vai para o quinto ano. Por lá os palcos também receberão atrações bem brasileiras, como Os Barões da Pisadinha e Zélia Duncan, mas também grupos alemães, como a Oktoberfestband Die Kirchdorfer. Na capital paulista, a programação estende-se por três fins de semana, de 7 a 23 de outubro. Ingressos partem de R$ 35.

Oktoberfest Blumenau

A maior Oktoberfest brasileira, em Blumenau, será de 5 a 23 de outubro no Parque Vila Germânica, mas com programação também nos dias de semana. No passado, a organização apoiou a iniciativa paulista por entender que um evento acabaria por reforçar o outro no longo prazo.

Neste ano de retorno após a pandemia de Covid-19, a festa anunciou novas atrações internacionais, inclulindo um grupo alemão de break dance. Os preços dos ingressos variam de R$ 20 a R$ 56, a depender da data.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Gaspar vai promover Festival da Cerveja em setembro

Stammtisch de Blumenau tem lotação máxima e regras contra propaganda eleitoral

Debate ao governo de SC transforma Jair Bolsonaro em bússola

Um motivo para acreditar que a obra do novo acesso a Blumenau não vai parar

Destaques do NSC Total