nsc
nsc

Recuperação

Ônibus de Blumenau batem recorde de passageiros desde o início da pandemia

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
07/10/2021 - 12h19
Até a semana passada, 50% das viagens do sistema operavam com atraso
Até a semana passada, 50% das viagens do sistema operavam com atraso (Foto: Patrick Rodrigues, BD, Santa)

Os ônibus do transporte coletivo de Blumenau bateram recorde de passageiros num único dia durante o período da pandemia de Covid-19. Na quarta-feira (6), 61,5 mil pessoas usaram o sistema. Nos últimos dois meses, a média diária ficou entre 52 mil e 55 mil usuários. Para a Seterb, o aumento tem relação com o tempo das viagens, encurtado nesta semana após o retorno dos corredores exclusivos.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Até setembro, um passageiro que embarcava no Terminal do Garcia levava até 90 minutos para chegar ao Aterro, do outro lado da cidade. Agora o deslocamento foi reduzido para cerca de 40 minutos. Além das faixas livres em vias de trânsito complicado, como Beira-Rio, São Paulo e 7 de Setembro, os ônibus foram beneficiados pelo término de obras pesadas em ruas como Amazonas e Hermann Huscher.

O número de passageiros diários ainda está distante da média registrada antes da pandemia, que ficava em torno de 100 mil usuários/dia. Mas a melhoria na procura já na primeira semana de corredores funcionando 100% trouxe a expectativa de recuperação. Segundo o secretário Alexandro Fernandes, metade das viagens de ônibus de Blumenau estava operando com atraso. Isso já começou a mudar.

— Claro que ainda falta muito para voltarmos ao patamar anterior, mas já dá um novo ânimo ao sistema — comemora.

O transporte coletivo está estruturado agora para transportar até 72 mil pessoas por dia. Caso o número de usuários continue a aumentar, mais linhas e horários serão acrescentados à rotina de Blumenau. O custo do sistema, no entanto, continua superior à arrecadação em passagens. Para Fernandes, isso não deve se modificar tão cedo porque insumos como combustíveis ficaram muito mais caros nos últimos meses. Por enquanto, o município deve continuar aportando dinheiro no transporte coletivo para equilibrar as contas.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Região de Blumenau recebe 14 novos policiais civis, mas perde três delegados

Por que Blumenau tem mais de 50 mil vacinas contra a Covid-19 estocadas

Eleições 2022 projetam páreo duro para candidatos de Blumenau

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas