nsc
nsc

Páscoa

Osterfest de Pomerode é cancelada por recomendação das autoridades de saúde

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
27/01/2021 - 09h23 - Atualizada em: 27/01/2021 - 13h47
Não haverá ovo gigante nem a Osterbaum com milhares de casquinhas neste ano
Não haverá ovo gigante nem a Osterbaum com milhares de casquinhas neste ano (Foto: Patrick Rodrigues, BD, Santa)

A Osterfest de 2021 está oficialmente cancelada. Segundo a organização da festa de Páscoa em Pomerode, as secretarias estadual e municipal de Saúde não recomendaram a realização do evento, mesmo com adaptações para reduzir as chances de contágio pelo coronavírus. A programação no Centro Cultural da cidade estava prevista para começar no dia 18 de fevereiro — após o adiamento em uma semana para não coincidir com o Carnaval.

> Clique aqui para receber notícias de Blumenau e região pelo Whatsapp.

Nem o ovo gigante e nem a árvore de Páscoa com milhares de casquinhas coloridas serão instalados em Pomerode. Ambos vinham sendo decorados há semanas, mas o trabalho será suspenso. Porém, está mantida a Eier Parade, novidade que estrearia em 2021. Dez ovos de dois metros de altura, coloridos por artistas, serão distribuídos pela cidade. Entre os convidados estão pintores indicados pelas embaixadas do Japão, Bélgica, Rússia, Itália e Áustria, além de cinco nomes regionais. Ainda não há data para a exposição começar.

O presidente da Associação Visite Pomerode (Avip), Manfredo Goede, criticou a orientação das autoridades de saúde. Ele disse que foram apresentadas ao Estado modificações na estrutura da Osterfest para evitar aglomerações, como o controle de público e o cancelamento de oficinas. E criticou a liberação de baladas em espaços fechados e as festas clandestinas:

— É uma pena que o Estado puna quem quer fazer corretamente e incentive a clandestinidade.

Pelas regras da matriz de risco estadual, eventos com reunião de público podem ocorrer com 50% de ocupação nas regiões em estágio grave — caso do Médio Vale do Itajaí. Porém, os organizadores precisam enviar antecipadamente um plano às autoridades detalhando o que pretendem realizar.

Em resposta à solicitação da Osterfest, a superintendente em exerício da Vigilância em Saúde do Estado, Lucélia Scaramussa Ribas Kryckyj, disse que "Levando em conta o panorama atual da pandemia no Estado informamos que permanece vigente a Portaria SES nº 348 de 22 de maio de 2020 que proibe a aglomeração de pessoas em qualquer ambiente, seja público ou privado, interno ou externo, para a realização de atividades de qualquer natureza. Diante do exposto não recomendamos a realização do evento". 

Com a decisão do Estado, a Secretaria de Saúde de Pomerode seguiu a mesma orientação, citando que o município já registra 24 mortes por Covid-19 e a alta ocupação dos leitos de UTI regionais.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Correção

Até 14h45min, esta coluna informou que, entre os países convidados a indicar artistas para a Eier Parade, estava a Austrália. Na verdade, é a embaixada da Áustria que participará.

Nota da prefeitura de Pomerode

O Governo do Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Estado da Saúde, Superintendência de Vigilância em Saúde, em resposta a “solicitação de parecer do COES – realização de evento”, referente ao documento encaminhado pelos organizadores da Festa de Páscoa “Osterfest”, RECOMENDA a NÃO realização do evento!

A Prefeitura de Pomerode destaca ainda que não possui autonomia para questionar recomendações técnicas de órgãos responsáveis e que, da mesma forma, não participa na tomada de decisões por parte da entidade organizadora do evento, AVIP (Associação Visite Pomerode).

Os prejuízos econômicos gerados, são de conhecimento público. Contudo, neste momento, em que o Brasil e o mundo enfrentam uma pandemia, que vitima milhares de pessoas diariamente, entende-se ser mais prudente, respeitoso, zeloso e necessário, postergarmos qualquer situação que registre a concentração de um expressivo número de pessoas e que possa corroborar com a disseminação e propagação desse vírus letal.

É tempo de cuidarmos uns dos outros. Afinal, a vida e segurança de nossa população, sempre será a nossa prioridade. É preciso que encontremos um equilíbrio neste momento em que vivenciamos um "novo normal", para que medidas mais drásticas não sejam necessárias após a realização de grandes eventos.

O Município concentra seus esforços neste momento para intermediar a vacinação o mais breve possível de toda a nossa população, e assim, retornarmos a normalidade o quanto antes.

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas