nsc
    nsc

    Segundo turno

    Prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, é internado em hospital após passar mal em debate

    Compartilhe

    Evandro
    Por Evandro de Assis
    22/11/2020 - 08h00 - Atualizada em: 22/11/2020 - 10h51
    Hildebrandt fez uma tomografia e um eletrocardiograma, que não acusaram problemas de saúde
    Hildebrandt fez uma tomografia e um eletrocardiograma, que não acusaram problemas de saúde (Foto: Eraldo Schnaider, Divulgação)

    O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt (Podemos), ficará internado no Hospital Santa Isabel neste domingo (22) após passar mal em um debate transmitido ao vivo pela televisão, sábado (21) à noite. Ele participava do programa ao lado de João Paulo Kleinübing (DEM) quando precisou ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

    A expectativa de assessores era de que o candidato à reeleição permanecesse em observação durante a noite e recebesse alta na manhã de domingo. Porém, a equipe médica optou por interná-lo.

    Hildebrandt, que tem 51 anos de idade, passou por uma tomografia e por um eletrocardiograma. Segundo integrantes da campanha, os exames não acusaram qualquer problema de saúde. O episódio é atribuído ao estresse.

    > Receba notícias de Blumenau pelo WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Na noite de sábado, Hildebrandt foi retirado de maca da sede da ND TV, no bairro Ponta Aguda. Um vizinho filmou o instante em que o atendimento ocorria. De acordo com relatório da ocorrêndia divulgado pelo Corpo de Bombeiros, ao chegar ao local os socorristas encontraram o prefeito deitado em um sofá, sendo amparado pela equipe. Ele estava consciente e orientado, com pressão 13 x 8. Estava pálido e relatava fadiga. Uma ambulância do Samu o transportou ao hospital.

    > Prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, passa mal durante debate ao vivo na televisão.

    Debate ao vivo

    Hildebrandt sentiu-se mal após cerca de uma hora de programa ao vivo, em Blumenau. Ele recordava a experiência como secretário de Assistência Social durante a tragédia de 2008 quando interrompeu a fala, baixou a cabeça e apoiou-se no púlpito.

    A organização do debate informou que ofereceu ao oponente, Kleinübing, a possibilidade de continuar a transmissão, mas as duas campanhas concordaram em encerrar o programa. O ex-prefeito publicou uma nota nas redes sociais dizendo que não aceitou seguir adiante "em respeito ao Mário".

    Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas