nsc
    nsc

    ESPERANDO A VACINA

    Vice-prefeita Maria Regina Soar coordenará Plano de Imunização contra a Covid-19 de Blumenau

    Compartilhe

    Evandro
    Por Evandro de Assis
    23/12/2020 - 09h31
    Vice-prefeita eleita ainda é consultora da Fecam em Gestão de Saúde
    Vice-prefeita eleita ainda é consultora da Fecam em Gestão de Saúde (Foto: Marcelo Martins, Divulgação)

    A vice-prefeita eleita Maria Regina Soar (PSDB) coordenará a comissão municipal que vai elaborar e executar o Plano de Imunização de Blumenau contra a Covid-19. Integram o grupo, além dela, o secretário de Saúde Winnetou Krambeck e outros seis servidores de diversas áreas da saúde pública. Não há remuneração específica prevista para o trabalho.

    > Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Com a nomeação, Maria Regina estreia no cargo em uma posição de destaque. Nenhum outro tema da gestão terá, nos primeiros meses do segundo mandato de Mário Hildebrandt (Podemos), maior atenção que a chegada e aplicação das doses das vacinas contra o coronavírus.

    Campanhas de vacinação estão longe de ser novidade para ela, que já foi secretária municipal e gerente regional de Saúde. Mas nenhuma em que já atuou foi tão aguardada (e cercada de polêmicas).

    — Blumenau vai seguir religiosamente os critérios do Ministério da Saúde. O prefeito Mário já determinou um recurso de R$ 12 milhões para, se por acaso o ministério não conseguir atender a toda a população ou não conseguir fornecer os insumos necessários dentro dos critérios definidos, a gente possa adquirir — explica.

    O plano deve ainda definir questões como a logística da distribuição, segurança, armazenamento e locais de vacinação. A comissão discutirá a possibilidade de abrir pontos específicos para imunizar a população contra a Covid-19, como os ambulatórios gerais e a Vila Germânica. Assim, as salas de vacinação das unidades de saúde continuariam sendo usadas para outras campanhas regulares, como a da Influenza, que começa em março. Também devem ser formadas equipes volantes para vacinar os idosos em casas de longa permanência.

    Consultora de Gestão em Saúde da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), a vice-prefeita eleita vem acompanhando os debates com o Estado sobre imunização e as negociações com o Instituto Butantan sobre a compra da vacina Sinovac. Segundo ela, Blumenau e os demais municípios catarinenses seguirão o Plano Nacional de Imunização e as diretrizes do Ministério da Saúde independentemente do fornecedor da vacina.

    — Vamos assegurar que toda vacina é autorizada pela Anvisa e dentro daquilo que é preconizado pelo Ministério da Saúde — afirmou.

    > Blumenau não pretende comprar diretamente vacinas contra o coronavírus.

    Apesar da experiência em Saúde, Maria Regina diz que não pretende focar a atuação como vice-prefeita numa única área da prefeitura. Cita Assistência Social, Educação e Desenvolvimento Econômico como outras pastas em que tem interesse em participar de programas. De elogiado perfil técnico, agora terá maior visibilidade política e, o que tudo indica, certa autonomia para influenciar a gestão. A ver como se sairá nesse desafio novo.

    Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas