Campeão Catarinense com o Figueirense em 2015, o técnico Argel Fuchs, também está acompanhando de forma apreensiva a situação atual do Figueirense e o risco de queda para a Série D. Com três passagens pelo Furacão, Argel foi o entrevistado do Em Cima do Lance desta quarta-feira, na CBN Floripa.

Continua depois da publicidade

Márcio Goiano sobre o Figueirense: “o futebol é caro, mas você paga pelos erros”

“A gente fica bastante triste, porque a gente teve a oportunidade de trabalhar no Figueira numa das melhores épocas. Estou na torcida para que o Figueira possa fazer um grande jogo no sábado.”

Receba notícias de Grande Florianópolis pelo WhatsApp

Argel Fuchs fez questão de ressaltar a dificuldade que será para o Figueirense voltar pra Série C se o pior acontecer no sábado, com a queda para a quarta divisão nacional. E destacou a importância da presença e do apoio do torcedor.

Continua depois da publicidade

FOTOS: Figueirense e 7 erros decisivos para o fracasso da temporada 2023

“O Figueirense acabou entrando numa fase complicada, mas o seu torcedor continua. O Grande jogador do Figueira hoje é o seu torcedor. A Série D é um campeonato terrível. É mais difícil subir da D pra C, do que sair da C pra Série B. Então a gente sabe a dificuldade que é e a gente tá na torcida pro Figueira. É fundamental o torcedor ir ao jogo de coração aberto, pra apoiar e carregar a equipe no colo.

Confira a entrevista com Argel Fuchs no Em Cima do lance, da CBN Floripa:

Destaques do NSC Total