A discussão nesta terça era sobre o que fica como marca deste campeonato, se a arrancada do Palmeiras, que vai ser o campeão, ou a inacreditável queda de aproveitamento do Botafogo, que perdeu uma conquista que parecia certa. 

Continua depois da publicidade

O Palmeiras sempre quis o campeonato que o Botafogo jogou fora

Fracasso do Botafogo é uma questão de perspectiva. Fracasso?

A resposta é fácil. Quando passarem cinco anos, 10 anos, 20 anos, o campeonato de 2023 vai ser lembrado como o Brasileirão que o Botafogo “entregou”. Nunca houve tamanha diferença. E nunca houve uma virada de 14 pontos – foi a diferença de pontos que o Botafogo chegou a ter sobre o Palmeiras. 

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Continua depois da publicidade

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

Título é título e é histórico e não se trata de desmerecer a conquista do Palmeiras, que está sempre chegando e conquistando. O campeão é sempre o grande campeão da temporada. Mas antes de falar do Palmeiras, quando falarem do Brasileirão de 2023 vai ser o campeonato que o Botafogo “entregou”.

Botafogo e Palmeiras fizeram um resumo do campeonato em 90 minutos

E isso ficou até materializado na “passagem de bastão”, quando o Fogão vencia por 3 x 1, com pênalti a favor, e levou uma virada de 3 x 4, em casa. Ali foi a transferência, foi quando o Botafogo disse ao Palmeiras: “vai, pega a taça! É tua! Eu não vou conseguir chegar…”

Destaques do NSC Total