nsc
nsc

jogos tensos

Catarinense 2021: super quarta-feira só tem decisões

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
21/04/2021 - 13h22 - Atualizada em: 21/04/2021 - 13h57
Figueirense e Criciúma tentam se equilibrar na rodada decisiva
Figueirense e Criciúma tentam se equilibrar na rodada decisiva (Foto: Patrick Floriani/ FFC)

Não tem jogo frio na última rodada da fase de classificação do Catarinense 2021. Todos os jogos valem algo para pelo menos uma das equipes. Tranquilidade só para a Chapecoense, que já está classificada e garantida em primeiro lugar – com isso tem todas as vantagens nos possíveis confrontos de mata-mata daqui pra diante.

Tensão em três jogos com três grandes

Figueirense e Criciúma são dois grandes ameaçados e isso gera tensões nos jogos do Orlando Scarpelli e do Heriberto Hulse. O terceiro jogo tenso é em Tubarão. 

O Figueirense encara o Marcílio Dias sem ter dado ao seu torcedor uma confiança de uma equipe que possa buscar resultados. A equipe tem mais dúvidas que certezas. Este jogo tem que ser levado para o campo da superação. Uma vitória resolve, um empate pode dar a vaga, e um derrota pode trazer o desastre do rebaixamento. O Marcílio é uma equipe organizada e que sai pro jogo.

> O que contam sobre Mozart, novo técnico da Chapecoense

Já o Criciúma enfrenta um adversário forte, o Avaí, e tem a obrigação de vencer para poder escapar do rebaixamento. O time tem todas as inseguranças. A melhor partida do ano não foi no Catarinense, foi contra a Ponte Preta, na Copa do Brasil. O Tigre vai precisar de um jogo perfeito e de uma rodada perfeita. A realidade é muito dura por um Estadual muito mal jogado pelo time do sul do estado, dez vezes campeão no estado.

E em Tubarão a tensão está menos com o Joinville, mais com o time da casa. O Jec talvez se classifique mesmo sem resultado positivo. É provável. Vai enfrentar um Hercílio Luz fragilizado e muito ameaçado. Mas a equipe de Vinícius Eutrópio está há cinco jogos sem vencer na competição. 

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

Nas outras partidas, as tensões são menores, mas os jogos valem principalmente posicionamento de tabela. A maior pressão é do Metropolitano, que precisa de alguns milagres. O primeiro deles é vencer a Chape em Chapecó. Juventus e Concórdia é briga aberta por vaga e posicionamento, assim como Brusque e Próspera coloca frente a frente equipes classificadas que querem garantir vantagens para o mata-mata.

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas