nsc
nsc

Definições

Figueirense: os ajustes que faltam no time de Jorginho

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
16/07/2021 - 15h28
A camisa 10 ainda está sem dono no Figueirense atual
A camisa 10 ainda está sem dono no Figueirense atual (Foto: Patrick Floriani/ FFC)

O Figueirense encara o Botafogo-SP, em um momento, na primeira fase da Série C, em que é preciso buscar definições de time e evoluir de forma consistente a cada partida. É chegada a virada do turno - é a oitava rodada - e não há mais muito espaço para testes. Jorginho tem que fazer as escolhas finais para encaixar o time e buscar uma arrancada e a classificação para a segunda fase.

Com as contratações recentes o treinador já tem boas opções para montar um time forte e bastante competitivo. As chegadas de Guilherme Thiago, Vinícius Kiss, Wallace Bonilha e outros desta última leva de jogadores dão mais peso e qualidade ao grupo.

Guilherme Thiago é a referência da defesa
Guilherme Thiago é a referência da defesa
(Foto: )

A defesa já está estruturada e tem boas disputas de qualidade. André Krobel ou Everton Santos na direita. No miolo de zaga são três opções pra duas vagas, com Guilherme Thiago como referência e Rayne e Lucas Cezane brigando pela outra vaga. Na esquerda Renan Luís e Dener brigam pela lateral.

O ataque também já tem nomes fortes. O principal deles é Diego Tavares. Esse é titular na direita, jogando solto por dentro ou pode fazer até o lado esquerdo. É o melhor jogador do ataque. Andrew cavou sua vaga com boas partidas e gols. É um jogador muito útil e cumpridor. Faz o que o treinador pedir. Bruno Paraíba vem jogando, mas pode perder a vaga, já que não tem aproveitado as oportunidades.

Diego Tavares é titular absoluto no ataque
Diego Tavares é titular absoluto no ataque
(Foto: )

O que ainda não tem uma estruturação é o meio de campo. Dener e Oberdan têm jogado mais, mas há outros jogadores que podem ser utilizados, como Vinícius Kiss, o garoto Bassani, Garré, que já mostrou ter qualidade, e o recém-chegado Wallace Bonilha.

> Figueirense fez a vitória necessária sob o comando de Diego Tavares

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

A hora é agora. O Figueirense precisa entrar na briga. Jorginho tem que deixar os testes pra trás. Os concorrentes diretor já estão claros – Ypiranga, Criciúma, Novorizontino, Botafogo-SP e até o Ituano. São seis times para quatro vagas.

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, traz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, traz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas