O departamento jurídico do Figueirense conseguiu importante vitória na luta para reativar e manter de pé a Recuperação Extrajudicial do clube.

Continua depois da publicidade

Com atrasados novamente, Figueirense sugere internamente “solução” inusitada 

A reviravolta que está por vir na novela da recuperação judicial do Figueirense

Conforme havia antecipado aqui, o Figueirense entraria com recurso junto ao STF contra a decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que no dia 12 de setembro decidiu anular a RE do clube.

Os advogados do Figueirense entraram com o recurso no STJ e ao mesmo tempo pediram um efeito suspensivo para se proteger das eventuais ações de penhora e execução dos credores.

Continua depois da publicidade

Justiça anula recuperação extrajudicial do Figueirense

Recuperação Judicial: qual o próximo passo do Figueirense com seus credores

O Superior Tribunal de Justiça recebeu o recurso do Figueirense e concedeu o efeito suspensivo. Essa é a significativa vitória do Figueirense no momento.

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Com isso, o clube vai aguardar o julgamento do recurso na esfera nacional, que pode reativar a Recuperação Extrajudicial do Figueirense, e, mais importante, fica protegido de qualquer tipo de ação. Ainda não há data para o julgamento.

Vale salientar que a direção do Figueirense espera entrada de recursos da Liga Forte Futebol, no total de R$3 milhões até o final deste mês. Com o efeito suspensivo, este valor não corre risco de ser penhorado.  

Destaques do NSC Total