nsc
nsc

publicidade

Primeira perda

Saída de Betinho é perda que vai além do futebol para o Figueirense

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
04/12/2019 - 18h27 - Atualizada em: 04/12/2019 - 18h41
Jogador vai defender o Sport na Série A. Foto: Patrick Floriani/FFC
Jogador vai defender o Sport na Série A. Foto: Patrick Floriani/FFC

O Sport anunciou na tarde desta quarta-feira a contratação do meia Betinho, do Figueirense. É uma primeira grande perda para o alvinegro. A realidade indica que outras perdas devem ocorrer.

Betinho fez dois bons anos de Figueirense. Vai fazer falta dentro de campo. O conceito nestes dois últimos anos foi “quando Betinho joga bem, o Figueirense joga bem”. E isto sempre foi realidade.

É verdade que teve oscilações também. E que, às vezes, parecia frágil fisicamente, com algumas lesões seguidas. Mas foi, indiscutivelmente, um jogador importante nestas temporadas no Orlando Scarpelli.

É justamente aí que entra a questão que vai além do futebol jogado em campo. A saída de Betinho é também perda de identidade do time com a torcida. O torcedor confiava nele, se via nele dentro de campo. Identidade que não é fácil estabelecer e que o Figueirense procura desde o time de 2014.

Em qualquer lista de torcedores do Figueirense, Betinho ocupava o lado dos “desejos de permanência”.

A saída dele é para se lamentar.

Deixe seu comentário:

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Últimas do colunista

Loading interface...
Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas