nsc
nsc

NAVEGANDO

Maior barco compartilhado da América Latina chega neste mês a SC

Compartilhe

Fernanda
Por Fernanda Nasser
17/03/2021 - 16h22
A meta até 2025 é chegar ao número de 100 embarcações espalhadas pelo país.
A meta até 2025 é chegar ao número de 100 embarcações espalhadas pelo país. (Foto: Rodrigo Vieitez)

Compartilhar é a palavra da moda e cada vez mais notamos que desde imóveis, carros e bicicletas, os serviços seguem a tendência. A cultura de compartilhamento traz um novo pensamento, o de que consumir não é sinônimo de possuir, mas sim de viver as experiências, aproveitando o que já se tem disponível.

> Receba as notícias do Santa direto no seu WhatsApp. Clique aqui.

Com o nosso litoral, o mercado que cada vez mais conquista adeptos é o náutico, onde o compartilhamento de embarcações se tornou um negócio viável e atrativo.

De olho neste segmento, um hobbie acabou se tornando uma excelente aposta. Em 2015 o sócio proprietário da Iate Marine, Rodrigo Vieitez, resolveu compartilhar sua embarcação. Quando percebeu que a ideia estava dando super certo decidiu profissionalizar o negócio.

Em 2020 foi inaugurado oficialmente o escritório da empresa, em Balneário Camboriú e hoje contam com três sócios, Rodrigo, o fundador, Guilherme Kehl e Renata Ouriques.

O compartilhamento funciona da seguinte maneira: cada barco é divido em frações, chamadas de cotas. 

— Ao adquirir uma cota, o proprietário está comprando uma parte do barco, por isso, ele economiza até 85% do custo que a embarcação teria caso ele a comprasse sozinho — explica Rodrigo.

Além disso, umas das principais vantagens do compartilhamento oferecido pela Iate Marine é a total administração da embarcação. A empresa cuida da manutenção, decoração e contratação da tripulação. 

— A única preocupação do cotista é escolher a melhor data para navegar, todo o resto é gerido pela Iate Marine. Isso traz muita comodidade, otimizando 100% o tempo do proprietário — acrescenta o empresário.

> Grammy 2021: melhores momentos da premiação

A empresa possui unidades em Balneário Camboriú e Porto Belo e inaugurou recentemente uma filial em Angra dos Reis, em operação desde fevereiro. A intenção é seguir crescendo e abrir outras unidades pelo Brasil.

Com clientes em todo o país, a Iate Marine possui uma frota com 19 embarcações, variando de 36 a 80 pés, mas com a chegada desta embarcação, com quase 25 metros de comprimento, prevista ainda para março, a empresa estará num patamar diferenciado, sendo a única na América Latina a oferecer um iate deste porte em sistema de compartilhamento.

— Nenhuma concorrente trabalha com nada parecido — esclarece Rodrigo Vieitez.

A meta até 2025 é chegar ao número de 100 embarcações espalhadas pelo país.

Fernanda Nasser

Colunista

Fernanda Nasser

A vida da sociedade catarinense, especialmente do Vale do Itajaí. Fotos e informações das melhores e mais glamourosas festas e de quem é destaque.

siga Fernanda Nasser

Fernanda Nasser

Colunista

Fernanda Nasser

A vida da sociedade catarinense, especialmente do Vale do Itajaí. Fotos e informações das melhores e mais glamourosas festas e de quem é destaque.

siga Fernanda Nasser

Mais colunistas

    Mais colunistas