nsc
    nsc

    Literatura

    Projeto "Leia Mulheres" em setembro discute o livro "A Quinta Estação"

    Compartilhe

    Gerson
    Por Gerson Junior
    24/09/2019 - 06h00 - Atualizada em: 24/09/2019 - 06h27

    Em setembro, o projeto “Leia Mulheres Joinville”, discute o livro “A Quinta Estação”, da norte-americana N.K. Jemisin. Lançada em 2015 nos EUA, a obra inicia a trilogia da “Terra Partida”, que figurou nas listas de melhores do ano do New York Times. O livro fez com que Jemisin se tornasse, em 2016, a primeira pessoa negra a receber o Hugo, principal prêmio da literatura fantástica e ficção científica. Jemisin é considerada uma das mais importantes vozes da ficção especulativa atual, por construir universos ricos e complexos, que vão da fantasia à ficção científica. Suas obras falam sobre justiça social, preconceito, violência e a multiplicidade do comportamento humano. Além de escritora, Jemisin é blogueira política, feminista e antirracista.

    Com caráter itinerante, o clube Leia Mulheres Joinville contempla, a cada mês, centros culturais e alternativos da cidade. O encontro do grupo – que tem como objetivo propor ações para inclusão da presença da mulher no mercado editorial –, acontece no próximo sábado, dia 28, às 14h, no auditório do Museu de Arte de Joinville - MAJ (Rua XV de Novembro, nº 1400, bairro América). A mediação será feita pela jornalista Marcela Güther. A entrada é gratuita.

    Exposição Veritas no Instituto Juarez Machado em Joinville

    O artista SK Canfield segue com sua exposição intitulada Veritas, aberta ao público no Instituto Internacional Juarez Machado (Rua Lages, 994), até o dia 1 de novembro.

    A música como instrumento de inclusão

    Nesta terça-feira, das 19h às 21h, no Teatro do CNEC (Av.Getúlio Vargas, 1266), ocorre a palestra A Música como Instrumento de Inclusão, com Nilza Backes, Licenciada em Música e Bacharel em Musicoterapia, com apresentação do Projeto Som na Lata da Escola de Musica Arcas. Entrada gratuita.

    Cantoria da Troupe se apresenta em Joinville nesta sexta e sábado

    Inspirado no Musical Saltimbancos, uma das obras mais importantes do teatro brasileiro, a Cantoria da Troupe traz a história de um grupo de animais insatisfeitos com a maneira com que são tratados pelos barões. Cansados de ser explorados e submetidos a trabalhos forçados por seus donos, eles resolvem fazer um protesto contra os maus tratos e fogem.

    Durante o caminho, são surpreendidos por uma banda que está anunciando a chegada de um circo. Com direção geral de Kátia Siqueira, a apresentação é para toda a família. O espetáculo ocorre na Sociedade Harmonia Lyra (Rua XV De Novembro, 485), na sexta-feira, às 20h, e no sábado às 17h e às 20h. Ingressos no www.eventbrite.com.br.

    Cantoria da Troupe
    Inspirado no Musical Saltimbancos, uma das obras mais importantes do teatro brasileiro, a Cantoria da Troupe se apresenta sexta e sábado em Joinville
    (Foto: )

    Musical de Carolina Dieckmann chega a Joinville

    Com uma longa carreira na TV, cinema e teatro, o universo particular da atriz Carolina Dieckmann sai dos bastidores, e agora é apresentado ao grande público, com o musical “Karolkê”, ao lado do músico Feyjão. O musical é assinado por Léo Fuchs, e tem direção do instrumentista e arranjador Pretinho da Serrinha. Em Joinville, a apresentação será dia 27 de setembro, a partir das 21h no Teatro CNEC (Av Getúlio Vargas, 1266). A classificação é livre, e os ingressos estão à venda no site www.ticketcenter.com.br.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas