nsc
    nsc

    Terceira idade

    Como turbinar o cérebro depois dos 70

    Compartilhe

    Laine
    Por Laine Valgas
    19/12/2019 - 06h00
    Jogos na terceira idade
    (Foto: Divulgação)

    Lá em casa somos ávidos por estudar — e se tem uma pessoa que me incentiva todos os dias, sobretudo com seu exemplo, é meu marido: doutorando em Ciências do Movimento Humano, ele sempre está às voltas com pesquisas científicas que possam melhorar o nosso dia a dia.

    Uma delas, publicada recentemente, traz uma informação que me senti motivada a compartilhar com você – por entender que pode ser aplicada com alguém da sua família, sobretudo com aqueles que tem mais idade. Ela mostra o quanto jogos de tabuleiro e cartas deixam o cérebro de idosos mais potentes.

    Quer saber como? Pra ser fiel à minha “fonte”, vou transcrever o texto que ele acaba de publicar em sua página do Instagram:

    “Um estudo publicado recentemente (novembro de 2019), realizado na Universidade de Edimburgo, na Escócia, mostrou que jogar jogos de tabuleiro e cartas ajudam a manter o cérebro mais ativo e com melhor capacidade de memória em adultos acima de 70 anos. Os cientistas avaliaram mais de 1000 idosos e dividiram o estudo em 2 análises.

    - Análise 1: compararam os resultados de um teste de habilidade cognitiva realizado pelos participantes aos 11 anos de idade e depois novamente aos 70 anos, verificando que nesse período de 58 anos, aqueles que jogaram mais, tiveram menores perdas cognitivas.

    - Análise 2: acompanharam os idosos dos 70 aos 79 anos de idade. A cada 3 anos (70, 73, 76 e 79 anos), eles foram submetidos a uma bateria de testes cognitivos: memória, velocidade de raciocínio, resolução de problemas e uma série de habilidades cognitivas.

    - Os cientistas tiveram inclusive, acesso a dados sobre outros hábitos de vida, como exercício físico, educação e status social.

    - Concluindo então: entre as comparações realizadas, a adesão aos jogos de tabuleiro e cartas foi o que mais contribuiu para a manutenção das habilidades cognitivas. Isso foi relacionado tanto dos 11 aos 70 anos e também dos 70 aos 79 anos;

    - Importante: inclusive aqueles que iniciaram a prática dos jogos aos 70 anos, apresentaram menor declínio das funções cognitivas do que aqueles que não praticaram.

    - Quais são os jogos? Xadrez, palavras cruzadas, gamão, entre outros.

    - Bora jogar uma partidinha?”, conclui.

    E eu complemento: que tal aproveitar a folga de fim de ano, e o estar mais próximo à sua família, pra compartilhar essa ideia – e até colocá-la em prática com os vovôs e vovós aí de casa? Fica a dica!

    Leia as últimas notícias no portal NSC Total

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas