A cannabis medicinal caminha com passos cada vez mais firmes no Brasil. Seja para tratamento de ansiedade, alzheimer, autismo e diabetes até dores e melhoria no sono. Inclusive para atletas profissionais, semiprofissionais, amadores ou praticantes de exercício físicos que buscam uma melhor qualidade de vida.

Continua depois da publicidade

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Segundo o nutrólogo catarinense Dr. Eduardo Fontes, é muito comum na vida do atleta e do praticante de exercício físico a ocorrência de dores e lesões, especialmente nas modalidades de alto impacto. E normalmente se recorre a anti-inflamatórios à base de opióides, que mascaram o processo inflamatório e causam dependência e outros efeitos colaterais. 

“No caso do canabidiol e outros canabinoides presentes da cannabis, eles proporcionam a melhora nas dores e do tratamento das lesões, sem efeitos colaterais e dependência”, explica Dr. Eduardo Fontes (Foto: divulgação)

Os produtos à base de cannabis também podem ajudar os atletas no desempenho de suas performances.

A Dra. Amélia Carvalho, de Curitiba, reforça como o canabidiol pode atuar também na regulagem do sono. “Sabemos que para um atleta dormir bem é fundamental. E quando se trata de estresse e ansiedade os produtos à base de cannabis são uma opção segura e eficaz que garantem uma melhor qualidade de vida deles, o que pode influenciar positivamente no desempenho esportivo”.

Continua depois da publicidade

Santa Catarina possui um local que atende pacientes em busca de tratamento médico com base na cannabis na cidade de Itajaí, a Gravital. Neste mês, inaugura o Núcleo de Medicina do Esporte, com atendimentos online para todo o Brasil. O Núcleo é formado por médicos especialistas em cannabis, incluindo o catarinense Eduardo Fontes, de Itajaí. 

Destaques do NSC Total