nsc

publicidade

Loetz

Polêmica

Almeida Junior silencia sobre possível venda de shoppings

Compartilhe

Por Loetz
20/03/2019 - 14h21 - Atualizada em: 20/03/2019 - 14h32
Foto: NSC Total

O grupo Almeida Junior, dono de seis shoppings centers em Santa Catarina, prefere o silêncio e não confirma, e nem desmente, as informações de que a rede BRMalls está, de novo, negociando a aquisição dos negócios no Estado, após tentativa frustrada no ano passado. Agora, mais recentemente, a Multiplan também teria feito sondagens para compra dos ativos em Joinville (Garten), Blumenau (Neumarkt e Shopping Norte), São José (Continente), Balneário Camboriú (Balneário) e Criciúma (das Nações). No entanto, esse operador de shoppings centers tem preferido crescer organicamente.

O Almeida Junior tentou atrair investidores para seus empreendimentos, via abertura de capital - a chamada IPO - em 2018, mas não houve interessados, à época.

Fontes do mercado afirmam que o grupo catarinense tem dívidas ao redor de R$ 1 bilhão, e segundo a publicação Brazil Journal, esse valor significa seis a sete vezes a capacidade de geração de caixa anual, que seria ao redor de R$ 180 milhões. Há especulações sobre a pedida do empresário Jaimes Almeida Junior: R$ 2,5 bilhões. O que lhe daria R$ 1,5 bilhão líquidos.

O Bradesco, que é um dos maiores credores do Almeida Junior - e que financiou a sua expansão ao longo de anos - lidera as conversas para possível venda.

Os rumores de venda dos shoppings já vem desde meados de 2018 e, em dezembro passado, o grupo afirmou, a coluna, ter recusado proposta de aquisição, feita pela mesma BRMalls. A BRMalls é sócia em 39 shoppings. Já teve 51 e, nos últimos dois anos, se desfez de vários.

Deixe seu comentário:

Cláudio Loetz

Loetz

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

claudio.loetz@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade