nsc
    nsc

    Leilão

    Metalúrgica Duque é comprada por empresa de Brusque em leilão

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    08/02/2021 - 14h11
    Leilão Duque Metalúrgica
    O parque fabril da metalúrgica falida ocupa 278 mil m2 na zona industrial de Joinville (Foto: Divulgação / Duque Metalúrgica)

    A Transben Transportes, que presta serviços de logística para o grupo Havan, de Brusque, comprou o parque fabril da Metalúrgica Duque, de Joinville, em leilão realizado nesta segunda-feira, dia 8 de fevereiro. O valor do negócio ficou em R$ 34.650.000,00 com pagamento de 10% a vista e o restante a ser pago em parcelas mensais. O parque fabril da metalúrgica falida ocupa 278 mil m2 na zona industrial de Joinville. Além das instalações industriais, com galpões, o parque fabril ainda oferece cozinha, áreas de lazer entre outros espaços.

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

    O leiloeiro Daniel Garcia (na foto, ao lado do administrador judicial) diz que o valor da arrematação estava dentro das expectativas. O administrador judicial, Agenor Daufenbach, vai na mesma linha: - Estamos satisfeitos com o resultado do segundo leilão. O valor arrecadado possibilitará o pagamento de um considerável número de credores da massa falida.

    A empresa compradora tem dez filiais e pelo menos dois pontos de apoio, localizados nos municípios de Três Lagoas (Minas Gerais) e em Rondonópolis, no Mato Grosso. Em janeiro de 2020, a Transben comprou 320 caminhões da Volvo para aumentar sua frota.

    > Ailos vai investir R$ 370 milhões e contratar 300 profissionais

    A Duque já foi uma das mais importantes empresas de Joinville. Teve seu auge entre os anos 70 e 90 do século passado. Entrou em crise a partir de 2010 e, em 2014 entrou em recuperação judicial para, cinco anos depois, falir. Antes de fechar, produzia itens para bicicletas e para indústria da linha branca.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas