publicidade

Navegue por
Loetz

Estudo aponta

Santa Catarina é o segundo melhor Estado do país em prestação de serviços

Compartilhe

Por Loetz
06/12/2018 - 16h25 - Atualizada em: 06/12/2018 - 16h41
Educação é uma das áreas avaliadas pelo estudo.
Educação é uma das áreas avaliadas pelo estudo.
(Foto: )

Santa Catarina se manteve na segunda posição, com 0,637 pontos, empatado com São Paulo, entre  os melhores governos estaduais em serviços prestados à população. O resultado foi divulgado na terceira edição do estudo Desafios da Gestão Estadual (DGE) (www.desafiosdosestados.com.br) elaborado pela consultoria Macroplan, especializada em cenários futuros e gestão pública, e divulgado com o apoio do  Movimento Brasil Competitivo (MBC). O estudo avalia as entregas feitas à população pelos governos estaduais e traz projeções para 2022, com base na trajetória dos Estados na década anterior. 

Eventos geram R$ 180 milhões em negócios

Para definir a situação dos Estados, a Macroplan utiliza o Índice dos Desafios da Gestão Estadual (IDGE), que abrange um conjunto de 32 indicadores de 10 áreas de resultados: educação, capital humano, saúde, segurança, infraestrutura, desenvolvimento econômico, juventude, desenvolvimento social, condições de vida e institucional. O IDGE varia de 0 a 1. Quanto mais próximo de 1, melhor o desempenho do estado.

Saúde está entre as áreas avaliadas.
Saúde está entre as áreas avaliadas.
(Foto: )

O Estado aparece em segundo lugar nos indicadores de educação, saúde e desenvolvimento econômico. Está na quarta posição no quesito capital humano e em segurança. Surge na oitava colocação em infraestrutura e também no fator condições de vida. 

A pior classificação é no fator institucional, apenas na 22ª posição dentre os 27 estados. Este fator abrange a transparência governamental e o congestionamento da Justiça. 

Secretaria de Infraestrutura abre propostas para duplicação do acesso ao Distrito Industria

Na área de Educação, apesar da 2ª colocação nacional, o estado exibe no IDEB do ensino médio nota inferior à obtida nos estados de São Paulo,Espírito Santo e Goiás, e registra um índice menor de crianças de quatro e cinco anos em escolas, do que outros 10 estados analisados.

A análise comparativa da última década mostra que, neste período, SC recuou em três indicadores: desenvolvimento social (menos três posições): condições de vida (menos uma) e institucional (menos 13). 

 

Veja também:

“Se o Moisés não fizer as reformas na largada, não fará depois”, avisa Pinho Moreira

Deixe seu comentário:

Cláudio Loetz

Loetz

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação