nsc
nsc

Economia

Secretário de Desenvolvimento quer IMA como parceiro dos empresários

Compartilhe

Loetz
Por Loetz
04/08/2020 - 12h52 - Atualizada em: 04/08/2020 - 14h35
Rogério Siqueira assumiu a Secretaria em junho deste ano
Rogério Siqueira assumiu a Secretaria em junho deste ano (Foto: divulgação)

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Santa Catarina, Rogério Siqueira, foi o convidado especial da reunião online da diretoria da Associação Empresarial de Joinville (Acij) nesta segunda-feira (3). No balanço de 40 dias de gestão, destacou articulações para garantir às empresas melhores condições de crédito e de finanças para superar a difícil travessia econômica imposta pela pandemia de Covid-19.

> "Estado tem de viabilizar política econômica expansionista", diz novo secretário de Desenvolvimento de SC

Trouxe, ao empresários, informações sobre ações do governo estadual: economia de R$ 366,3 milhões ao ano e o investimento de R$ 437,8 milhões em obras de infraestrutura do programa Novos Rumos e manutenção de rodovias. Para o futuro, há um olhar atento a potencialidades:

— Vamos trabalhar com políticas públicas de desenvolvimento de Estado, não de governo, para criar uma espiral de oportunidades, confiança e crescimento.

Rogério Siqueira informou que já está trabalhando em conjunto com o Instituto do Meio Ambiente (IMA) para dar velocidade à estratégia de desenvolvimento econômico sustentável. Na sua fala, disse que vê o IMA "como parceiro, e não apenas como um órgão fiscalizador".

Pelo menos nos últimos seis anos, a antiga Fatma (depois IMA) tinha se tornado um dos maiores problemas para empreendedores conseguirem avançar em obras porque as licenças ambientais demoravam muito para serem concedidas.

> Essencial é tornar o sistema tributário brasileiro menos injusto

O secretário tem realizado reuniões abertas com empreendedores, sempre com a participação efetiva do presidente do IMA. É o que vai acontecer, por exemplo, no dia 11 de agosto em reunião com a Acij e a prefeitura de Joinville para avaliação de importantes obras de infraestrutura na região do distrito industrial, como a duplicação da área urbana da rua Dona Francisca, eixo K e abertura da avenida Almirante Jaceguay, além do projeto já em andamento na avenida Hans Dieter Schmidt.

O presidente da ACIJ, Marco Antonio Corsini, reiterou a visão da entidade de atuar como parceira do poder público em projetos de desenvolvimento econômico. Lembrou os dados mais recentes do Caged para dimensionar a relevância e o potencial da cidade: 

— Mesmo na pandemia, Joinville registrou em junho um saldo positivo de 1.987 vagas de trabalho, mais da metade das 3.721 vagas registradas em todo o Estado.

> Receba notícias de Joinville e da região Norte de SC por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do AN

Cláudio Loetz

Colunista

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

siga Loetz

Cláudio Loetz

Colunista

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

siga Loetz

Mais colunistas

    Mais colunistas