Florianópolis

publicidade

Marcelo

Pais de Jonatas não querem mais prestar contas de dinheiro de campanha

Compartilhe

Por Marcelo Fleury
18/02/2018 - 14h52 - Atualizada em: 18/02/2018 - 22h17
Cleber Gomes, Especial
O bebê Jonatas Openkoski recebeu a primeira dose do Spinraza, para AME, em janeiro deste ano
(Foto: )

Os pais do menino Jonatas Henrique impetraram um mandado de segurança no Tribunal de Justiça (TJ-SC) para não terem mais que prestar contas do dinheiro que arrecadaram com a campanha AME Jonatas.

O caso tramita em segredo de Justiça. Mas a coluna apurou que, ao contrário do que vêm dizendo em público, os joinvilenses Renato e Aline Openkoski não querem mais nenhum tipo de controle sobre os mais de R$ 4 milhões recebidos na campanha.

Recentemente, a Justiça bloqueou, por liminar, o dinheiro, autorizando liberações parciais mediante a comprovação de que a quantia se destina ao tratamento da criança. Há suspeitas de que o casal usou parte do dinheiro para outros fins, como aquisição de bens (um carro de R$ 140 mil) e viagens.

Jonatas é portador de uma doença degenerativa, chamada atrofia muscular espinhal (AME). O medicamento de que precisa é caro e tem de ser importado dos Estados Unidos.

O caso ganhou dimensão nacional nas últimas semanas, com o enfileiramento de queixas de pessoas que doaram à campanha e agora se sentem enganadas. Há menos de um mês, o pai de Jônatas disse em entrevista à NSC TV que aceitava prestar contas do dinheiro.

Porém, seus advogados impetraram o mandado de segurança no TJ-SC para que eles tenham controle total sobre a quantia arrecadada, sem necessidade de comprovar os gastos. 

Três desembargadores julgarão o mérito amanhã, na 3ª Câmara de Direito Civil do TJ.

Leia mais publicações de Marcelo Fleury

Bebê de Joinville com AME recebe primeira dose de medicamento raro 

Justiça bloqueia contas de campanha que arrecadou dinheiro para bebê joinvilense

Campanha AME Jonatas tem acordo encaminhado em Joinville

Deixe seu comentário:

publicidade

Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação
Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação