nsc
    nsc

    sem ajuste

    Governo de SC não planeja reposição salarial aos servidores para 2019

    Compartilhe

    Por Moacir Pereira
    26/10/2019 - 08h25
    Governador Carlos Moisés da Silva (Foto: Marco Favero / BD)
    Governador Carlos Moisés da Silva (Foto: Marco Favero / BD)

    Os estudos serão feitos para exame de reajuste só em 2020. É o que têm dito os assessores do governador sobre o pedido de 37% de reposição para os militares. E foi o que disse o secretário da Educação, Natalino Uggioni, durante audiência à deputada Luciane Carminatti (PT), sobre as defasagens dos salários dos professores.

    Oeste Lidera

    Estudos realizados no Estado, no primeiro semestre de 2019, sobre o índice de performance econômica, concluiu que o Extremo Oeste registrou os melhores números, com crescimento de 5,2%. Seguem-se o Norte (3,2%), o Oeste (1,8%) e o Extremo Sul (1,4%). O pior desempenho aconteceu na Região Serrana, com 3,6% negativos. Vêm depois a Grande Florianópolis com menos 1,9%, o Meio-Oeste, com 1,8%, o Planalto Norte com 0,6%, o Vale do Itajaí e o Sul,com 0,2%. Tudo no comparativo com 2018.

    Banda Sinfônica do Exército
    Banda Sinfônica do Exército
    (Foto: )

    Música

    Espetáculo musical de alto nível vem sendo oferecido a Santa Catarina pela Banda Sinfônica do Exército. Já se exibiu em Florianópolis, Tubarão e Lages, e neste sábado estará em Joinville. Regida pelo tenente Gelson de Souza, executou programa variado, comemorando os 42 anos da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada e os 100 anos do 63º Batalhão de Infantaria em Florianópolis. Oitenta músicos, com uniformes impecáveis, instrumentos de metal reluzentes e alta qualidade artística, foram aplaudidos de pé pelos catarinenses.

    Sinfônica

    Do livro Curso de Direito Constitucional, do ministro Gilmar Mendes, do STF: “Esgotadas as instâncias ordinárias com a condenação à pena privativa de liberdade não substituída, temos uma declaração, com considerável força, de que o réu é culpado e a sua prisão necessária. Nesse estágio, é compatível com a presunção de não culpabilidade determinar o cumprimento das penas, ainda que pendentes de recursos”. O livro hoje não vale um tostão furado.

    Impostos

    A arrecadação estadual teve um aumento de 17,99% nos seis primeiros meses de 2019. No mesmo período, o Estado do Paraná registrou uma performance negativa de 0,79%. E a receita federal cresceu 6,79%. Com base nestes comparativos, o deputado Milton Hobus (PSD) faz articulações na Assembleia Legislativa contra qual quer novo projeto do governo no sentido de aumentar impostos. Já constatou que a receita estadual cresceu menos no segundo semestre devido à elevação da carga tributária.

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas