nsc
nsc

publicidade

Irregularidade

Senador denuncia fraude em aumento do fundão eleitoral

Compartilhe

Moacir
Por Moacir Pereira
06/12/2019 - 08h14 - Atualizada em: 06/12/2019 - 08h21
Jorginho Melo
Foto: Tiago Ghizoni / NSC Total

A semana está terminando com mais escândalos nesta indecente proposta de aumento do Fundo Eleitoral de 2 bilhões de reais para 3 bilhões e 800 milhões de reais.

O senador Jorginho Mello, presidente estadual do PL, denunciou em Brasília que sua assinatura foi falsificada no documento básico que pediu o aumento dos recursos deste fundo imoral.

O parlamentar enfatizou que é totalmente contrário ao fundão eleitoral e que foi o único entre os cinco parlamentares mais votados que não usou e nem abriu conta para uso do fundo eleitoral.

O aumento do Fundo Eleitoral vem recebendo um bombardeio de críticas no Brasil e também aqui em Santa Catarina.

O Brasil numa crise fiscal, com falta de orçamento para saúde, educação, segurança e infraestrutura. E vem os deputados com esta malandragem política no fim do ano legislativo.

Candidatos a vereadores e prefeitos em 2020 que usem seus recursos nas campanhas e utilizem as redes sociais de custo zero. Salvo os que querem os recursos públicos bilionários para comprar votos e eleitores.   

Esta proposta é uma vergonha! Inaceitável indecência!

Leia mais notícias políticas no portal NSC Total

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Moacir Pereira

Colunista

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

siga Moacir Pereira

Últimas do colunista

Loading interface...
Moacir Pereira

Colunista

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

siga Moacir Pereira

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas