E assim chegamos ao final de mais um ciclo, segundo o calendário gregoriano, que entra para a história como um dos mais desafiadores. Interferências de um poder sobre os demais, debates acirrados, fortíssima polarização, disputas pelo poder e por espaços jamais vistas, exageros e holofotes para alguns que não fazem por merecer.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Encerramos o ano sem que as muitas dúvidas e questionamentos acerca do processo eleitoral tenham sido esclarecidas pelo TSE, cujo atual presidente, ao invés de o fazê-lo, em nome da democracia e do famigerado estado democrático de direito, continuou a saga singular de perseguição, prisões e multas àqueles que, democraticamente e amparados pelo que está definido no código eleitoral e na constituição, continuam sem respostas.

Em que pese todos os percalços e os posicionamentos mais que questionáveis de personalidades públicas que deveriam servir de exemplo para todos e que agregaram em suas biografias o repúdio dos cidadãos de bem, para estes simples mortais, a vida segue e é preciso que continuemos lutando por e para um país e um mundo melhor, para nós e nossas futuras gerações.

Mega da Virada 2022: o que dá para comprar com o prêmio?

Continua depois da publicidade

À medida que vamos ganhando experiência, vemos que o dia seguinte à virada do ano não tem nada de excepcional e nossas vidas seguem seus cursos, segundo o que cada um consegue concretizar nos propósitos e jornadas individuais.

O poeta Drummond nos brindou com “Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí, entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para diante vai ser diferente”.

SC tem mais de 7 mil vagas de emprego abertas; veja em quais cidades

Aproveitemos a virada de ano para renovar nossas energias e sintonizar nossos pensamentos, de modo que nossas ações convertam sonhos em realidade, ainda que não na totalidade. Em tudo o que fizermos e nos envolvermos, façamos nosso melhor. O resultado virá na mesma proporção.

O poema “Desiderata”, do Latim “coisas que são desejadas”, de Max Ehrman, traduzido para mais de 70 idiomas, é uma coletânea de bons conselhos. Nele encontramos a pérola: “A despeito de uma disciplina rigorosa, seja gentil para consigo mesmo. Portanto esteja em paz com Deus, como quer que você O conceba, e quaisquer que sejam os seus trabalhos e aspirações, na fatigante jornada da vida, mantenha-se em paz com sua própria alma. Acima da falsidade, dos desencantos e agruras, o mundo ainda é bonito, seja prudente. Faça tudo para ser feliz!”.

Continua depois da publicidade

Leia outras colunas de Natalino Uggioni

E nessa toada, fecham-se as cortinas do ano velho e abre-se um universo de 365 novas possibilidades, oportunidades, vivências e experiências. Um feliz, venturoso e próspero ano novo a todos e que, na matemática da vida, o resultado seja muito positivo, sempre.

Leia também:

VÍDEO: Pessoas ignoram corpo de caminhoneiro na BR-470 para saquear carga de cerveja

Conheça a história da beata catarinense que pode se tornar a primeira santa de SC

População de SC é a 3ª que mais cresceu no país, segundo IBGE

Destaques do NSC Total