nsc
nsc

Eleições 2020

Abstenções do primeiro turno têm pesos distintos para os finalistas da eleição em Blumenau

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
21/11/2020 - 08h51
Prefeitura de Blumenau
Prefeitura de Blumenau (Foto: Patrick Rodrigues, BD)

Quase 67 mil blumenauenses – 66.873, para ser exato – não compareceram às urnas no domingo passado. Não é pouca coisa. O número praticamente equivale à quantidade de votos (68.222) recebida por Mário Hildebrandt (Podemos), que liderou a primeira metade da corrida eleitoral. A abstenção foi de 27%, acima da média nacional, que chegou a 23%. E triplicou em relação ao primeiro turno do pleito de 2016, quando ficou em 9,05% – há quatro anos, 20.823 eleitores municipais não votaram.

> Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

O que explica tenta gente ter aberto mão de ajudar a escolher o futuro da cidade? É difícil apontar uma única razão preponderante. Mas a pandemia do coronavírus, com muitas pessoas com o vírus ativo em Blumenau que precisaram manter o isolamento – decisão que pode ter se estendido a familiares mais próximos –, fadiga com o processo eleitoral, excesso de candidaturas e a facilidade para justificar a ausência pelo celular podem ter ajudado a desestimular o exercício da cidadania.

A abstenção favorece quem está na frente, no caso, Hildebrandt. Para João Paulo Kleinübing (DEM), a chave para tirar uma diferença de 43 mil votos aberta pelo adversário no primeiro turno e conquistar uma difícil virada de jogo não passa apenas pelo apoio de outros candidatos derrotados, como Ricardo Alba (PSL) e João Natel (PDT). Será preciso também recrutar votos de uma boa parte dos eleitores que optaram, pelos mais diversos motivos, por não saírem de casa na primeira chamada. O grande desafio é convencê-los disso.

Quer receber notícias e análises de economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região no seu celular? Acesse o canal do blog no Telegram pelo link https://t.me/BlogPedroMachado ou procure por "Pedro Machado | NSC" dentro do aplicativo.

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas