nsc
    nsc

    Turismo

    Após recorde de público em 2019, Magia de Natal estuda ampliar leque de atrações

    Compartilhe

    Pedro
    Por Pedro Machado
    30/12/2019 - 18h01
    Magia de Natal
    Foto: Patrick Rodrigues, BD

    O Magia de Natal de Blumenau deste ano bateu novo recorde de público. Balanço divulgado nesta segunda-feira (30) pela Associação Blumenauense de Turismo, Eventos e Cultura (Ablutec), responsável pela promoção, revela que 341.173 pessoas conferiram as mais de 20 atrações da programação ao longo de 47 dias. É um crescimento de quase 20% em relação a 2018, quando foram registrados 285 mil visitantes. O evento, assim, se consolida como o segundo maior do turismo da cidade, atrás apenas da Oktoberfest.

    Além de um calendário maior de desfiles tanto na Rua Alberto Stein quanto na Rua XV de Novembro, o Magia de Natal deste ano teve outras novidades, como a pista de patinação no gelo montada no Eisenbahn Biergarten. A atração se juntou a outras já consagradas, como o Mercado de Natal, que reuniu 18 quiosques que ofereceram presentes, doces natalinos e opções gastronômicas, praça da neve, trenzinho, roda gigante e carrossel.

    O presidente da Ablutec, Develon da Rocha, ficou satisfeito com os números. Avalia que cada vez mais gente, incluindo também o comércio, está abraçando a proposta e fala em levar as atrações para mais cantos de Blumenau em edições futuras.

    A entidade já analisa pontos de melhorias e novidades para serem implementadas em 2020. Uma delas é estender a programação até o Dia de Reis, em 6 de janeiro. Muita gente que costuma desfazer a decoração natalina de casa nesta data cobrou o prazo ampliado. Nada, no entanto, está definido, até porque isso poderia ter impacto na organização da Sommerfest, lembra Develon.

    Outra proposta é criar uma espécie de Roteiro do Magia de Natal, partindo do Centro Histórico em direção à Vila Germânica, com iluminação e decoração diferenciadas pelo caminho. O sucesso da pista de patinação no gelo também levou a organização a pensar em ampliar atrações deste tipo, criando uma espécie de parque da neve semelhante à Snowland, em Gramado (RS).

    Tudo, segundo Develon, ainda será melhor estudado e dependerá do dinheiro disponível em caixa para tirar novas ações do papel. Por isso, ampliar o rol de patrocinadores parece ser fundamental. Neste ano, a lista incluiu empresas como Havan, Atacadão, HBSIS, Engie, Caixa, Senior, Pacífico Sul, Fruki, Coremma, Altenburg e TopCar. O evento também contou com o apoio da prefeitura, por meio da Vila Germânica.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas