Funcionários da Coteminas em Blumenau farão uma manifestação na porta da fábrica do bairro Garcia na manhã desta sexta-feira (15). O Sintrafite, sindicato que representa a categoria e está convocando o ato, alega que a empresa voltou a atrasar salários – os vencimentos de novembro ainda não foram pagos – e estaria descumprindo um acordo firmado com os pouco mais de 700 trabalhadores que foram demitidos neste ano.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

— A situação, parece que a cada dia que passa, está se agravando cada vez mais — diz Carlos Alexandre Maske, presidente do Sintrafite.

Segundo a entidade, a Coteminas também atrasou o pagamento da primeira parcela do 13º e não estaria depositando o FGTS. Com exceção de fevereiro e junho, a companhia deixou de pagar salários em dia em todos os demais meses deste ano, conforme o Sintrafite.

Em julho, empresa e sindicato chegaram a um acordo, intermediado pelo Ministério Público do Trabalho, para pagar em até 10 vezes as rescisões de 721 funcionários. De acordo com Maske, as primeiras parcelas chegaram a ser honradas, mas o compromisso teria deixado de ser cumprido.

Continua depois da publicidade

Até a metade do ano, a Coteminas empregava cerca de 1,2 mil pessoas na unidade de Blumenau. Com a demissão em massa, restaram entre 350 e 400 colaboradores, segundo estimativas do sindicato. A coluna não conseguiu contato com a empresa até o momento da publicação.

Execução

Na costura do acordo das rescisões, a Coteminas ofereceu como garantias um terreno no bairro Garcia, avaliado à época em R$ 32 milhões, e máquinas e equipamentos. Segundo Maske, o Sintrafite estuda a possibilidade de ingressar com uma execução judicial, na tentativa de reverter os bens em favor dos funcionários.

Leia também

Por que a banda Titãs foi escolhida a dedo para o novo Sommer Festival Blumenau

BMW vai ampliar produção de carrões de luxo em SC

Nova atração de Pomerode viaja na história da Linguiça Blumenau e tem até fliperama retrô

Altenburg bate martelo sobre sucessão e terá novo presidente após meio século

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total