nsc
nsc

Empresas

Com sede em Blumenau, área de tecnologia da Ambev abre 300 vagas de emprego

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
14/05/2021 - 13h41
Ambev Tech
Escritório da matriz da Ambev Tech fica em Blumenau (Foto: Divulgação)

A Ambev Tech, braço tecnológico da cervejaria Ambev com sede em Blumenau, está recrutando 300 profissionais para as áreas de desenvolvimento e arquitetura de softwares, dados, infraestrutura e gestão, entre outras. Algumas oportunidades já estavam abertas, mas outras posições são novas, informou a empresa à coluna.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Além da matriz em Blumenau, a Ambev Tech tem escritórios também em Maringá (PR), Jaguariúna (PR), Campinas (SP) e São Paulo (SP). Algumas vagas serão presenciais – embora toda a equipe ainda continue atuando a distância –, mas boa parte também é remota ou híbrida (mesclando presencial e home office), o que amplia o leque para candidatos de todo o país.

O processo seletivo será 100% online e os interessados devem se inscrever no site da empresa. Na mesma página é possível encontrar detalhes das vagas, pré-requisitos exigidos e a lista de oportunidades por área e cidade. A função mais demandada é para desenvolvedor de software (130 vagas).

A Ambev Tech é fruto da incorporação, pela Ambev, da empresa blumenauense HBSIS, que durante anos forneceu sistemas que gerenciavam a operação logística da cervejaria. A compra foi anunciada em fevereiro de 2019, mas somente no fim do ano passado a integração foi oficialmente finalizada, processo que culminou com a mudança de nome.

Este braço tecnológico já tem 1,6 mil profissionais, sendo que pelo menos 1,2 mil deles estão ligados ao desenvolvimento de plataformas e soluções tecnológicas para toda a Ambev, de fábricas a escritórios. Blumenau, com 880 funcionários, tem papel fundamental na estratégia de crescimento porque a cervejaria decidiu, ao comprar a HBSIS, concentrar na cidade o desenvolvimento de inovações.

A Ambev é dona de marcas famosas e presentes no dia a dia das pessoas. É mais conhecida pelas cervejas Skol, Brahma, Antarctica e Budweiser, mas também tem no portfólio cervejas artesanais da Colorado e refrigerantes como Guaraná Antarctica, entre outros. Só no primeiro trimestre de 2021 a companhia obteve receita líquida de R$ 16,6 bilhões, com lucro líquido de R$ 2,7 bilhões.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas