nsc
nsc

Economia

Coronavírus: prefeitura de Blumenau calcula perda de R$ 125 milhões na arrecadação

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
03/04/2020 - 18h37 - Atualizada em: 04/04/2020 - 09h35
Prefeitura de Blumenau
Foto: Patrick Rodrigues, BD

Com o comércio fechado, serviços suspensos e indústrias operando com capacidade reduzida por causa das restrições impostas pelo novo coronavírus, a prefeitura de Blumenau calcula uma perda de R$ 125 milhões na arrecadação municipal. A estimativa foi divulgada pelo prefeito Mario Hildebrandt na noite desta sexta-feira (3).

​​​> Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus​

As perdas equivalem às quedas na arrecadação de impostos municipais, como o ISS e o ITBI, e estaduais, como o ICMS, além de diminuição de repasses relativos ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

A título de comparação, esses R$ 125 milhões representam mais do que a prefeitura arrecada anualmente com o IPTU — algo entre R$ 90 milhões e R$ 100 milhões nos últimos anos. O impacto no imposto predial, aliás, só não foi maior até agora porque boa parte dos contribuintes já quitou o tributo em cota única no início do ano.

​> Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa​

O cenário impõe um grande desafio à gestão municipal, que já precisa se desdobrar para administrar a crise do novo coronavírus, e coloca em xeque a capacidade da prefeitura para honrar seus compromissos financeiros no restante do ano. Segundo Hildebrandt, a situação, por ora, está sob controle, mas o Comitê Gestor avalia a situação e a necessidade de possíveis cortes de despesas.

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas