nsc
nsc

OPORTUNIDADE PROFISSIONAL

Empresa de Blumenau abre curso de formação em tecnologia com salário de R$ 3,3 mil

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
07/06/2021 - 15h07 - Atualizada em: 07/06/2021 - 15h08
Curso terá foco em tecnologias móveis e criação de aplicativos para celular
Curso terá foco em tecnologias móveis e criação de aplicativos para celular (Foto: Divulgação)

A divisão de tecnologia da Serasa, que mantém um escritório em Blumenau, está com inscrições abertas para um novo programa gratuito de formação de desenvolvedores em TI, o Código para Todxs, desta vez com foco em tecnologias móveis e criação de aplicativos para celular.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Ao todo 12 pessoas, divididas em duas turmas de seis alunos, serão capacitadas. Os indicados serão contratados pelo regime CLT desde o primeiro dia de aula. O salário inicial é de R$ 3.325, mais benefícios. Após o término do treinamento, eles atuarão na sede da Serasa na cidade.

Os selecionados receberão 400 horas de treinamento nas linguagens de programação iOS e Android. As inscrições podem ser feitas até o dia 20 deste mês no site http://serasa.proway.com.br/.

Podem participar da seleção maiores de 18 anos. O processo será mais direcionado a profissionais que já tenham alguma experiência na área de desenvolvimento de sistemas. As etapas incluem um desafio de programação, entrevistas e dinâmicas com o time da Serasa.

As aulas ficarão a cargo da ProWay, empresa que tem experiência na área – é a mesma que ministra os treinamentos do programa Entra21, do Blusoft, que também capacita jovens para o mercado de tecnologia.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas