Navegue por

publicidade

Pedro

Tecnologia e empreendedorismo

Distrito da Inovação de Blumenau ganha nome e identidade visual

Compartilhe

Por Pedro Machado
10/08/2018 - 10h23 - Atualizada em: 10/08/2018 - 10h28
Projeto foi apresentado na noite desta quinta-feira (Foto: Raphael Carrasco, Divulgação)

Vai se chamar Fluss o futuro Distrito de Inovação de Blumenau. O nome, a identidade visual e um blog do projeto foram apresentados na noite desta quinta-feira no Instituto Gene. Fluss significa rio em alemão e a intenção, inspirada no Itajaí-Açu, é que ele transmita uma ideia de fluidez, levando a inovação para todos os cantos da cidade.

​​​​​​​Curta Pedro Machado no Facebook​​​​​​​

Leia mais notícias de Pedro Machado​​​​​​

Idealizado a partir de um projeto de extensão universitária multidisciplinar, com participação dos cursos de Jornalismo, Economia, Arquitetura e Urbanismo, Computação e Engenharia Florestal da Furb, o Distrito da Inovação vai englobar uma área de 3,4 quilômetros quadrados entre os bairros Itoupava Seca e Victor Konder. Seu principal símbolo será o Centro de Inovação, que está em construção ao lado do campus 2 da universidade e cujas obras devem ficar prontas no ano que vem.

O arquiteto e professor da Furb Christian Krambeck, que encabeça a coordenação do projeto, detalhou na apresentação que a região foi escolhida, entre outros fatores, pela concentração de agentes ligados ao ecossistema de inovação. Neste raio, por exemplo, estão a universidade regional, o Instituto Gene, a Fundação Fritz Muller e a Offcina Coworking. Também pesou o fato desses bairros estarem próximos do Centro, o que facilita a mobilidade.

Sob o lema “ideias que transformam”, o Distrito de Inovação vai se propor a ser uma referência em inovação, empreendedorismo e sustentabilidade, no campo da economia criativa, e também de maior dinamismo urbanístico, transformando a maneira como as pessoas vivem e se conectam a uma cidade inteligente. A expectativa é que dali saiam políticas e estratégias que contribuam para o desenvolvimento não apenas de Blumenau, mas também da região.

Para quem ainda não ouviu falar, parece um pouco difícil de visualizar na prática a proposta, que ainda é muito conceitual – e isso tudo deve estar consolidado apenas daqui a alguns anos. Este parece ser um dos grandes obstáculos para fazer o projeto se tornar conhecido e vingar. Além disso, há um desafio enorme pela frente, que é garantir o entusiasmo de diferentes setores da sociedade – entidades, empreendedores, empresas, instituições de ensino, poder público – que nem sempre falam a mesma língua.

A capacidade de mobilização para construir um novo modelo mental, colaborativo e de visão de futuro, será fundamental. A boa notícia é que o ecossistema de inovação local vem dando sinais de que está a fim de fazer acontecer.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação