As unidades da Escola Internacional em Blumenau e Florianópolis trocaram de nome e passaram a se chamar Dual International School. A mudança vinha sendo desenhada desde julho de 2021, quando a Bahema, grupo de educação com 13 marcas de escolas no Brasil, adquiriu ambas da Ânima, outra companhia com atuação no ramo. Na época a negociação, avaliada em pouco mais de R$ 30 milhões, incluiu também o Colégio Tupy, de Joinville.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Segundo comunicado da Bahema, a criação da nova marca faz parte do “processo de reforço de identidade e da qualidade do ensino”. A Escola Internacional, como o nome sugere, é conhecida pelo ensino integral bilíngue – português e inglês – a partir do ensino fundamental e pela tripla diplomação – brasileira, americana e IB, reconhecida por universidades do mundo todo – no terceiro ano do ensino médio.

A nova estratégia já foi comunicada para as equipes pedagógicas internas, pais e alunos. A criação da nova marca, de acordo com a Bahema, está inclusa em um pacote de investimentos em melhorias nas duas unidades que chegam a R$ 10 milhões. Na unidade de Blumenau a fachada da escola já passa por obras.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp ou Telegram

Continua depois da publicidade

Leia também

Restaurante Indaiá ativa o “Plano B” para Blumenau depois de perder o Frohsinn

Americanas tem dívidas milionárias com grandes empresas de SC

Sem alarde, shopping de Blumenau começa reforma para aumentar de tamanho

Portonave recebe licença ambiental para novo investimento no porto de Navegantes

Destaques do NSC Total