nsc
nsc

Turismo

Fábrica lança "rota do cristal" durante o Festival da Cerveja, em Blumenau

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
09/03/2020 - 13h48
Fábrica de cristais
Foto: Pedro Machado, BD

Depois da rota da cerveja, vem aí a rota do cristal em Blumenau. A partir desta terça-feira (10) a Mozart, que mantém viva a tradição de moldar o cristal puro de maneira artesanal, vai oferecer tours gratuitos pela fábrica da empresa a hóspedes de sete hotéis da cidade. A data de lançamento do roteiro é propícia: os estabelecimentos estão cheios por conta da programação da Vila Germânica desta semana, que inclui o concurso, o festival e a feira de negócios com foco no mercado cervejeiro.

Os dois hotéis da bandeira Ibis, o Glória, o Plaza, o Quality, o Slaviero e o Himmelblau, todos na região central de Blumenau, aderiram ao projeto, segundo o diretor da Mozart, Gabriel Vidigal. Uma van custeada pela empresa passará pelos estabelecimentos duas vezes pela manhã (entre 8h30min e 9h e entre 10h30min e 11h) para buscar os interessados. Neste início, os grupos serão restritos a cerca de 20 pessoas. Mas dependendo da demanda, as turmas podem aumentar de tamanho.

Vidigal diz ter buscado inspiração em projeto semelhante que já existe em Gramado (RS). Na fábrica os visitantes vão conhecer a história do cristal e poderão acompanhar de perto todo o processo de fabricação e lapidação de taças, copos e outros produtos. A expectativa é de que o passeio leve em torno de uma hora. O objetivo, segundo o empresário, é criar um novo atrativo turístico. Para incentivar a adesão dos hotéis, Vidigal promete repassar 10% dos valores das vendas na loja de fábrica aos estabelecimentos.

Apesar de ser lançada durante o período do festival, a Mozart pretende manter os roteiros ao longo de todo o ano.

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas