nsc

publicidade

Turismo e lazer

Futuro mercado público de Blumenau pode ser maior do que o projeto original

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
08/07/2019 - 10h35
Foto: Divulgação

O futuro mercado público de Blumenau pode ser um pouco maior do que se imagina hoje. O projeto original, que saiu de um concurso público nacional realizado em 2007, prevê uma estrutura de 6,8 mil metros quadrados com dois pavimentos e 130 vagas de estacionamento. As conversas ainda são bem preliminares, mas já se fala dentro da prefeitura na possibilidade de permitir uma ampliação de até 10% dessa área.

O que já estaria acordado é que uma eventual mudança no projeto não poderia descaracterizar a proposta aprovada há mais de 10 anos. Ou seja, fachada, altura, proporção e detalhes relacionados à arquitetura, por exemplo, não sofreriam mudanças.

Essa possibilidade de aumento do mercado público é ventilada no contexto do pacote de concessões que a prefeitura de Blumenau irá lançar no dia 25 deste mês. Um espaço maior poderia fazer mais sentido para os potenciais investidores. Ainda assim, a ampliação não seria uma obrigação. Ficaria a critério do vencedor do processo, que em caso positivo teria de bancar a atualização do projeto.

Livre comércio

Reunião no dia 16 vai marcar o início dos trabalhos da Frente Parlamentar do Livre Comércio na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. O grupo nasce com ideias de facilitar a vida dos empreendedores do Estado e já se posiciona contra qualquer criação ou aumento de tributo.

Reunião

A CDL Blumenau vai promover no dia 16 de julho um encontro com empresários da região central da cidade.

Previdência

É grande a expectativa para que a PEC que trata da Reforma da Previdência comece a ser discutida no plenário da Câmara dos Deputados. No geral, o mercado aguarda um desfecho da situação para vislumbrar o futuro e retomar investimentos.

Deixe seu comentário:

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

publicidade