nsc

publicidade

Pedro

Empresas

Gestora judicial assume comando da Teka

Compartilhe

Por Pedro Machado
25/09/2018 - 19h43
Foto: Patrick Rodrigues, BD

A gestora judicial Fabiane Paula Esvicero vai comandar a Teka por um prazo inicial de seis meses. Ela havia sido indicada pelo juiz Clayton Cesar Wandscheer, da 2ª Vara Cível de Blumenau, para assumir a direção da empresa após decisão judicial cautelar que determinou o afastamento do empresário e membro da família fundadora Frederico Kuehnrich Neto do cargo de diretor-presidente.

O tema foi abordado pelo blog no final de agosto. Fabiane atendeu a Justiça e a troca na gestão foi oficialmente anunciada em comunicado divulgado ao mercado na última sexta-feira.

Curta Pedro Machado no Facebook​​​​​​​

Leia mais notícias de Pedro Machado​​​​​​

Indicação da administradora judicial Carmen Schafauser, a gestora já havia recebido aval da Justiça para ter total e livre acesso a todos os setores da empresa, com fornecimento de documentos e informações por qualquer funcionário, independentemente da autorização da diretoria.

Inicialmente, ela deveria atuar em conjunto com o presidente da Teka na tentativa de resgatar a saúde financeira da empresa. Mas os relatos que chegam é de que a relação entre as partes estava difícil.

A Teka está em recuperação judicial desde 2012. Em julho do ano passado, membros dos conselhos fiscal e administrativo da empresa foram destituídos. A Justiça entendeu que era preciso mudanças drásticas diante do quadro de insolvência da tradicional companhia têxtil.

Deixe seu comentário:

publicidade