nsc
    nsc

    Empreendimento imobiliário

    Novos investidores resgatam antigo projeto de megacondomínio imobiliário em Blumenau

    Compartilhe

    Pedro
    Por Pedro Machado
    22/02/2021 - 11h09 - Atualizada em: 22/02/2021 - 12h51
    Condomínio
    Projeto prevê construção de condomínio em área do bairro Ponta Aguda (Foto: Divulgação)

    Um antigo projeto de construção de um mega empreendimento imobiliário na região central de Blumenau está sendo retomado depois de anos. Trata-se de um condomínio horizontal misto, com casas e uma edificação comercial, que ocupará uma área de cerca de 420 mil metros quadrados com acesso pela Rua República Argentina, no bairro Ponta Aguda.

    > Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Por trás da iniciativa está a Master, uma administradora de bens e loteamentos que adquiriu o terreno da GSP Loteamentos – empresa que chegou a anunciar em 2009 um empreendimento chamado Bosque Europeu, que acabou não vingando. Os novos donos da área estão usando a base daquele projeto e reformulando a proposta.

    — A Master estuda desenvolver um conceito que una a parte de moradia, trabalho e lazer — diz André de Souza, um dos sócios da empresa.

    Um estudo de impacto de vizinhança (EIV) do futuro empreendimento já foi elaborado. No dia 12 de fevereiro, a comissão de análises de EIV da Secretaria de Planejamento Urbano emitiu um parecer sobre o documento, apontando a necessidade de alguns esclarecimentos. A Master já está providenciando as correções.

    Área
    Condomínio vai ser erguido em área de cerca de 420 mil metros quadrados
    (Foto: )

    A previsão é de que o condomínio tenha 193 mil metros quadrados de área construída – o restante da área verde será preservada. A parte residencial, segundo o projeto apresentado, terá 242 lotes, com piscinas, praça, playground, área gourmet, academia, spa, quadras esportivas e outras áreas de lazer. Já o projeto da edificação comercial prevê dois pavimentos com oito salas e um subsolo para garagem.

    Após a conclusão do EIV, ainda será preciso fazer uma audiência pública para apresentar os impactos do empreendimento na região. Em função disso, por ora, não há nem previsão do tamanho do investimento e nem de início de obras.

    Quer receber notícias e análises de economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região no seu celular? Acesse o canal do blog no Telegram pelo link https://t.me/BlogPedroMachado ou procure por "Pedro Machado | NSC" dentro do aplicativo.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas