Blumenau ainda está celebrando 173 anos de fundação, mas já há quem pense no aniversário do ano que vem. O prefeito Mário Hildebrandt (Podemos) aproveitou a vinda de Jorginho Mello (PL) nesta segunda-feira (25) para pedir ao governador um “presente” para 2024: a inauguração da urbanização da Margem Esquerda.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

— E agora quero pedir a vocês (referindo-se a secretários municipais) que trabalhem mais ainda para que juntos, governador, no dia 2 de setembro do ano que vem, nos 174 anos de Blumenau, a gente possa entregar esse presente da Margem Esquerda para a cidade — discursou Hildebrandt.

Veja como será a urbanização da Margem Esquerda

O pedido ocorreu durante a cerimônia de assinatura da ordem de serviço para as obras, que vão compreender um trajeto de cerca de 900 metros entre a Ponte de Ferro e a Prainha. O circuito terá pistas de caminhada, ciclovias, mobiliário, iluminação e mirantes para a contemplação do Rio Itajaí-Açu.

Continua depois da publicidade

O investimento total será de quase R$ 28 milhões, com R$ 24,7 milhões repassados pelo governo do Estado via convênio. O restante virá de uma contrapartida da prefeitura.

A empresa responsável pela obra tem 10 meses para deixar tudo pronto. Com a ordem de serviço emitida agora, a urbanização da Margem Esquerda estaria concluída antes de setembro de 2024 se o prazo for cumprido. Mas nada impede que a inauguração “oficial” atrase um pouco por causa da conveniência da agenda política.

Aliás

Durante a cerimônia, Hildebrandt disse que Blumenau nunca recebeu tantos investimentos do governo do Estado. O prefeito destacou que, entre convênios e transferências especiais, os repasses chegam a R$ 125 milhões.

Nem todo esse valor, no entanto, tem origem no governo Jorginho. Há casos de obras pactuadas ainda durante o mandato de Carlos Moisés (Republicanos).

Continua depois da publicidade

Leia também

WEG compra 10 fábricas de empresa americana em negócio histórico de R$ 2 bilhões

Grife italiana de moda Calzedonia vai abrir primeira loja em Blumenau

Primeiro outlet de SC mira expansão no entretenimento e projeta hotel para o futuro

Empresa de SC suspende plano de fechar capital e sair da Bolsa de Valores

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total