A vice-prefeita de Blumenau, Maria Regina de Souza Soar (PSDB), cumprirá agenda em Brasília nesta terça-feira (4). Na capital federal, ela representará a cidade em um encontro promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). Um dos pontos altos do dia será a discussão sobre a reforma tributária, tema que tem preocupado prefeituras. Está previsto um ato na Câmara dos Deputados.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Há uma mobilização nacional de prefeituras, liderada pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), que questiona os moldes da proposta elaborada pelo governo Lula (PT). Elas não se dizem contrárias à reforma, mas alegam que o modelo desenhado tira a autonomia e piora a arrecadação das cidades. Blumenau faz coro a este discurso.

Outra pauta da agenda de Maria Regina inclui discussões sobre a reforma previdenciária, royalties e compensação de perdas do ICMS a estados e municípios. Em Brasília, ela também visitará gabinetes de senadores e deputados federais com o pires na mão.

Aos parlamentares, a vice-prefeita levará uma demanda de recursos na ordem de R$ 1 milhão. São R$ 500 mil para bancar ações de inclusão da pessoa com deficiência e paradesporto e outros R$ 500 mil para custeio de serviços de assistência hospitalar e ambulatorial, com vistas ao cumprimento de metas de alta complexidade.

Continua depois da publicidade

Leia também

Construtora de Blumenau vai erguer prédio em megaprojeto imobiliário no Litoral de SC

Unifique compra empresa de Jaraguá do Sul por R$ 35 milhões

Coteminas pretende demitir mais de 800 funcionários em Blumenau

Restaurante Senac Blumengarten vai fechar as portas em Blumenau

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total