nsc
nsc

Granizo

Granizo atinge parte de SC; saiba como fica o tempo até o fim do dia

Compartilhe

Puchalski
Por Puchalski
23/11/2021 - 13h53 - Atualizada em: 23/11/2021 - 14h59
Uma das cidades que mais tiveram granizo foi Canelinha
Uma das cidades que mais tiveram granizo foi Canelinha (Foto: Prefeitura da Canelinha)

No início da tarde desta terça-feira (23) um forte núcleo de nuvens carregadas se formou na região do Vale do Rio Tijucas. Uma das imagens de satélite da aeronáutica mostrava a área rosa, onde a chuva e o granizo ocorreram mais.

O vídeo abaixo mostra a intensidade desse granizo em cidades como Canelinha, Itapema, Balneário Camboriú.

Assista

O que aconteceu

Nesta terça-feira estamos tendo a passagem de uma frente fria fraca pelo oceano. Isso, junto com o aquecimento que a tarde teve (32,8°C em Tijucas), fez com que nuvens de grande desenvolvimento vertical (Cumulunimbus) se formassem. Como o núcleo se formou bem próximo do mar, ele rapidamente entrou no oceano.

> Chuva de granizo atinge o Litoral de SC e previsão indica novos temporais

Imagem da radar do momento do granizo
Imagem da radar do momento do granizo
(Foto: )

Próximas horas

Muitas nuvens em todas as regiões, mas com aberturas de sol. Segue a chance de chuva para Sul, Litoral, Vale do Itajaí e Norte. Porém, em pouquíssimas cidades. A maior parte terá só ameaça da chuva. 

Só que chamo atenção: devido ao calor, onde essa chuva ocorre novamente há chance de temporal com granizo. Ao longo da tarde, na passagem da frente, rajadas de vento Sul no Litoral e áreas próximas. 

Leia também

Joinville tem sensação de calor de 51°C nesta terça-feira

Granizo pode voltar ao Oeste de SC; veja fotos do fenômeno

Temporal e chuva de granizo atingem cidade no Oeste de SC; veja fotos

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Leandro Puchalski

Colunista

Puchalski

Leandro Puchalski é o meteorologista da NSC Comunicação. Explica como os fenômenos climáticos impactam na vida dos catarinenses.

siga Puchalski

Mais colunistas

    Mais colunistas