Em reunião realizada nesta terça-feira (21), com representantes do governo de SC, prefeitura de Florianópolis, Federação Catarinense de Futebol e Avaí Futebol Clube, ficou definido que a capacidade de público nos estádios de futebol vai passar de 50% para 70%. E ainda há chance de aumentar. 

Continua depois da publicidade

A pedido da Avaí e da Federação, a Secretaria de Saúde vai discutir com o Grupo Gestor de Governo a possibilidade de liberar 80% ou até 100%, decisão que deve ser confirmada nesta quarta. 

Outra mudança importante: Rubens Angelotti afirmou, em entrevista ao CBN Hub, que não será mais preciso aguardar o esquema vacinal ser completo com 14 dias.

Não há mais exigência dos 14 dias para a segunda dose, o torcedor que tomar a segunda dose no domingo, por exemplo, poderá ir ao jogo.

As demais orientações seguem valendo para a presença do público:

Continua depois da publicidade

  • Maiores de 12 anos precisam ter tomado ao menos uma dose; Menores de 12 anos só acompanhados dos pais;

> NSC renova parceria e firma a transmissão do Catarinense 2022; veja detalhes

  • Quem não tem as duas doses precisa apresentar um exame RT-PCR feito 72 horas antes da partida ou antígeno com 48 horas de antecedência, ambos precisam ser negativo;

Ouça a entrevista com Rubens Angelotti no CBN Hub

Leia também

> Bolsa Estudante de R$ 6 mil em SC está pronto e será encaminhado à Alesc

> Mais de 300 motos serão leiloadas pelos Correios em SC; lance mínimo R$ 500

*Com colaboração de Jorge Jr.

Destaques do NSC Total