O governador eleito de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), pretende aprovar na Assembleia Legislativa (Alesc) uma minirreforma administrativa. A intenção é descentralizar alguns setores, com a possibilidade de estabelecimento de cinco regiões administrativas. O modelo adotado não está definido.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

Durante a campanha, o político criticou muito a ambulancioterapia e a necessidade de grandes deslocamentos de pacientes. O assunto foi discutido em almoço com a bancada dos deputados do PL na Alesc. O termo descentralização administrativa foi um dos principais lemas do primeiro governo de Luiz Henrique da Silveira, já falecido. Na época, foram criadas as secretarias de desenvolvimento regional.

Prioridade

A prioridade de Jorginho Mello é garantir a composição da mesa diretora da Alesc sem disputa e de forma consensual. A intenção é garantir a governabilidade e determinar a pauta no Palácio Barriga Verde.

Continua depois da publicidade

Leia mais:

Nazismo em SC se combate com Justiça forte e educação

O recado da Inglaterra ao Brasil sobre gasto público

Destaques do NSC Total