nsc
    nsc

    Política

    Crime de responsabilidade sai da PEC sobre pagamento de emendas impositivas em SC

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    28/06/2020 - 13h53 - Atualizada em: 28/06/2020 - 13h54
    Alesc discute pagamento de emendas impositivas (Foto:  Betina Humeres / NSC Total)
    Alesc discute pagamento de emendas impositivas (Foto: Betina Humeres / NSC Total)

    Ficou para a próxima terça-feira (30) a discussão na Comissão de Finanças da Alesc sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) das emendas impositivas. O deputado Ivan Naatz (PL) retirou a inclusão de  crime de responsabilidade ao governador que não pagar. Nesse prisma, ao menos, o fantasma do impeachment é afastado.  A ideia é permitir o pagamento parcelado. O deputado Marcos Vieira (PSDB) defende impor, também, a obrigatoriedade do pagamento das emendas de 2017. As emendas impositivas sempre foram um paga/não paga, mas Carlos Moisés é o mais pressionado dos governadores desde a criação da lei. São R$ 240 milhões em emendas.

    >Os impactos do novo Marco Legal do Saneamento em Santa Catarina

    >Fechamento de Drive-in escancara falta de coerência e planejamento em SC

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas