nsc
nsc

Ensino

Escola como serviço essencial pode viabilizar volta às aulas em SC

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
19/11/2020 - 08h09 - Atualizada em: 19/11/2020 - 09h51
Alesc discute volta às aulas em SC
Alesc discute volta às aulas em SC (Foto: Diorgenes Pandini/ Diário Catarinense)

Tornar as escolas como serviço essencial poderá ser o caminho para viabilizar o retorno das atividades presenciais. Esta é a estratégia do movimento Pais Pela Educação e que foi apresentada nesta quarta-feira (18) em reunião realizada pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES). O movimento, a partir de agora, fará parte do COES. A ideia tem respaldo da governadora Daniela Reinehr, que defende a retomada das aulas na escola. 

Audiência Pública

Uma audiência pública na Assembleia Legislativa (Alesc) irá discutir a volta às aulas presenciais em Santa Catarina. O evento ocorre nesta quinta-feira (19) e é uma iniciativa do deputado estadual Bruno Souza (Novo) e foram convidados os secretários estaduais da saúde, educação e representante da vigilância sanitária estadual. Vão participar, ainda, escolas particulares e integrantes do Movimento Pais Pela Educação.

A audiência pública estará mais focada no ensino privado. Os pais e escolas lutam pela liberdade de escolha pelas aulas presenciais.

O mapa de classificação de risco atualmente impede aulas presenciais em Santa Catarina. A judicialização do tema torna, também, o cenário confuso e incerto.

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas