nsc
    nsc

    Recuo

    Ex-comandante da PM de SC, Araújo Gomes não irá assumir Secretaria Nacional de Segurança Pública

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    23/06/2020 - 15h46 - Atualizada em: 23/06/2020 - 16h07
    Coronel Araújo Gomes
    Coronel Araújo Gomes

    O ex-comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Araújo Gomes, não irá mais assumir a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Sinasp), ligada ao Ministério da Justiça. Em vídeo divulgado às instituições militares, o senador Major Olímpio (PSL/SP), ex-aliado do presidente Jair Bolsonaro, lamenta o fato de que o catarinense havia se afastado do comando da PM e estava aguardando a nomeação. O senador informa que o presidente Bolsonaro e o Ministro da Justiça " não o querem na Sinasp".

    Segundo Olímpio, foi "menosprezada a capacidade de grande comandante de Araújo Gomes, indicado pelas entidades dos policiais militares e bombeiros militares. Foi uma bordoada na família militar. O nosso sentimento é de tristeza, tanto que sonhamos em ter um Brasil melhor e as forças militares mais valorizadas. Estamos vivendo um momento de melancolia", concluiu. 

    A informação foi confimada pelo grupo de apoio ao ex-comandante da PM/ SC

    Leia também:

    Nazareno Marcineiro é indicado por bolsonaristas para assumir Secretaria Nacional de Segurança Pública

    Troca no governo Moisés: chefe da Casa Militar pede exoneração

    A prisão de Queiroz, a suspeita de rachadinha e a lição da Suécia

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas