nsc
    nsc

    Tráfico

    Governo vende 28 toneladas de erva-mate usadas para esconder cocaína em SC e PR

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    09/02/2021 - 10h17
    Operação apreendeu dinheiro do tráfico internacional de drogas
    Operação apreendeu dinheiro do tráfico internacional de drogas (Foto: Divulgação / PF)

    A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senad/MJSP) vendeu 28 toneladas de erva-mate apreendidas na Operação Narcobroker, deflagrada em 2020 pela Polícia Federal em Santa Catarina e no Paraná. A comercialização, que ocorreu por meio do sistema eletrônico da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), arrecadou R$ 35 mil.

    A erva era utilizada para camuflar cocaína para a Europa. A ação evita o desperdício de produtos encontrados em bom estado de conservação e que não tiveram contato direto com a droga, mantendo suas embalagens invioladas. O objetivo é o rápido aproveitamento de produtos para destinar, por meio da arrecadação dos leilões, recursos para o Fundo Nacional Antidrogas (Funad) e investir em projetos de segurança pública e de combate aos entorpecentes.

    No ano passado, a Secretaria Nacional de Política sobre Drogas (Senad) indicou, em parceria com o Conselho Federal de Administração, profissionais para gerenciarem empresas confiscadas na Operação Narcobroker. A ação viabiliza que os estabelecimentos continuem a executar suas operações legais, evitando prejuízos para funcionários e para a economia.

    A droga era enviada para o velho continente via portos brasileiros. A droga era misturada nos contêineres com produtos orgânicos. Em Santa Catarina, houve prisões em Camboriú e Balneário Camboriú.

    >Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas