nsc
nsc

Ocupação

Índios deixam o Tisac e prefeitura de Florianópolis lacra o local para evitar invasões 

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
22/03/2020 - 12h18 - Atualizada em: 22/03/2020 - 15h38
Tisac foi fechado pela prefeitura (Foto: Mateus Boaventura/ Rádio CBN Diário)
Tisac foi fechado pela prefeitura (Foto: Mateus Boaventura/ Rádio CBN Diário)

Os índios que estavam alojados no Terminal de Integração do Saco dos Limões, em Florianópolis, deixaram o local na última sexta-feira(20). São cerca de 120 famílias. Os indígenas, de toda a região sul, vieram com o propósito de vender artesanato na temporada de verão. A ocupação começou em 2016. Temendo novas invasões, a prefeitura de Florianópolis lacrou o local. Segundo o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, Tenente- Coronel Dhiogo Cidral, assessores parlamentares de vereador e deputado ligados à movimentos sociais estiveram no local.

“Nós percebemos dois caminhões lá dentro com material, neste sábado (21), que parecia de acampamento. Recebemos ameaças de que 100 pessoas destes movimentos ocupariam o Tisac. Por isso, estamos monitorando a área”, explicou.

Índios deixaram o local
Índios deixaram o local
(Foto: )

A prefeitura de Florianópolis firmou um acordo com o Ministério Público Federal para a construção de uma casa de passagem para os índios, o que nunca aconteceu. Advogados consultados pela coluna apontam que não há previsão legal de que prefeitura tenha que construir casa para índio.

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas