Os moradores da Praia Brava e do Centro são os que pagam as maiores taxas de condomínio por metro quadrado em Florianópolis. Os dados são referentes ao mês de janeiro em relação ao mesmo período do ano passado. O levantamento é da  Loft Dados, núcleo da startup Loft que dissemina análises sobre o mercado imobiliário. 

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Na Praia Brava, a media da taxa por metro quadrado, no último mês, foi de R$ 11,05. Na prática, isso significa que o morador de um apartamento de 100 metros quadrados localizado no bairro pagou, em média, R$ 1.105 de condomínio.

No Centro e no João Paulo, que aparecem logo atrás de Praia Brava no ranking dos 15 bairros com as maiores taxas, o condomínio por metro quadrado em janeiro foi de R$ 9,24 e R$ 9,03, respectivamente. Nessas regiões, a taxa condominial para um apartamento de 100 metros quadrados ficou próxima dos R$ 900. 

Bairros valorizados em Florianópolis

Continua depois da publicidade

Completam o ranking Jurerê, Bom Abrigo, Lagoa Pequena, Itacorubi, Agronômica, Campeche, Pantanal, Córrego Grande, Saco dos Limões, Saco Grande, Ponta das Canas e Trindade. 

O gerente de dados da Loft, Fábio Takahashi, explica que a quantidade de apartamentos, o conforto oferecido aos moradores e o número de funcionários do condomínio influenciam diretamente no valor da cobrança.

— Quanto mais amenidades, como piscina, playground e academia, maior o gasto com manutenção. E, quanto menos moradores para dividir esse custo, mais alta é a taxa mensal — disse. 

Leia Mais

Onde será o escritório consular em SC que facilita cidadania italiana

Destaques do NSC Total