O Embaixador da Itália no Brasil, Alessandro Cortese, confirmou que Santa Catarina terá um escritório consular. A declaração ocorreu em encontro, nesta terça-feira (7), com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro De Nadal (MDB), acompanhado dos parlamentares que formam a Frente Parlamentar Santa Catarina-Itália.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Na ocasião, o embaixador afirmou que a conversa com o governo do Estado está bem avançada, e o sinal é muito positivo. A Embaixada somente espera pela confirmação de onde será o espaço físico cedido ao órgão. A ideia, afirma o Cortese, é inaugurar o escritório em 2024, quando se comemoram os 150 anos da imigração italiana em Santa Catarina. 

O escritório consular será ligado ao consulado italiano de Curitiba, e deve contar com dois funcionários de carreira. A notícia da possibilidade da instalação do escritório consular foi antecipada pela coluna em setembro.

Durante a visita, foram discutidas questões envolvendo parcerias entre Santa Catarina e o país europeu, como a possibilidade do ensino do idioma italiano em algumas regiões do estado, assim como já acontece com o alemão nas regiões de Blumenau e no extremo Oeste.

Continua depois da publicidade

Missão à Itália

Nadal acredita que a confirmação da instalação do escritório consular italiano em Santa Catarina é resultado da missão internacional de parlamentares ocorrida em setembro.

Fiesc

A programação do embaixador italiano em Florianópolis incluiu também uma visita à sede da FIESC. Ele esteve acompanhado pelo advogado Tullo Cavallazzi Filho, presidente da Camara Italiana de Comércio e Indústria de Santa Catarina, entidade que trabalha para gerar oportunidades de negócios entre o país europeu e Santa Catarina.

Estado

O secretário de Articulação Internacional (SAI- SC), Juliano Froehner, também atuou na organização da agenda de ontem do Embaixador da Itália em Santa Catarina.

Leia Mais:

SC precisa melhor atendimento de denúncias de crimes ambientais e maus-tratos a animais

Florianópolis fixa em 30° “alta temperatura” para distribuição de água em eventos

Destaques do NSC Total