nsc
    nsc

    Economia e Ciência

    UFSC vai vender camarão excedente de pesquisa com preço abaixo do mercado

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    11/01/2021 - 09h07 - Atualizada em: 11/01/2021 - 09h11
    Pesquisa com camarões na UFSC
    Pesquisa com camarões na UFSC (Foto: UFSC/ Divulgação)

    A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) irá vender camarão excedente de pesquisa do Laboratório de Camarões Marinhos, localizado na Barra da Lagoa, em Florianópolis. O valor cobrado será abaixo do praticado, na média, pelo mercado.

    O preço ofertado será de acordo com a gramatura do crustáceo. Para o cálculo final do quilograma, será preciso multiplicar a gramatura com a fração “preço por grama”, conforme tabela estabelecida. O resultado será o valor a ser pago pelo quilograma em reais.

    > Grupo de orcas aparece em Bombinhas; veja vídeo

    Serão disponibilizados aproximadamente 1.300 kg de camarões de 10 a 16 gramas. A venda ocorre entre os dias 25 de janeiro e 10 de fevereiro de 2021. O valor mínimo do lance é 1,60 reais por grama.

    No camarão de 10 gramas (R$ 1,60 por grama), por exemplo, o quilo custará R$ 16. No camarão de 11 gramas, o quilo vai custar R$ 17,60. O de 12 gramas vai custar R$ 19,20 e assim até chegar a 16 gramas.

    O camarão miúdo com casca é vendido, na média, no Mercado Público de Florianópolis, por R$ 38.

    > A elite catarinense está disposta a copiar Dinamarca?

    As propostas poderão ser apresentadas até o dia 15 de janeiro de 2020, para o e-mail felipe.vieira@ufsc.br.

    A venda será exclusiva para pessoas jurídicas com selo de inspeção sanitária municipal (SIM), estadual (SIE) ou federal (SIF) e que esteja apto a receber camarões por via de GTA de abate junto à CIDASC.

    > Expectativa pela vacina contra a Covid-19 relaxa cuidados, diz psiquiatra

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas