nsc
nsc

Prevenção

Vazamento de CPFs: especialista dá dicas para evitar golpes

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
30/01/2021 - 10h28
Vazamento de dados pessoais inclui o CPF
Vazamento de dados pessoais inclui o CPF (Foto: Carlos-Poly / ACS)

O Brasil sofreu o maior vazamento de dados pessoais da sua história com 223 milhões de pessoas (incluindo pessoas falecidas) que tiveram seus dados expostos e de forma indevida. Com uma polpulação aproximada de 212 milhões de habitantes, tudo indica que foram utilizados milhares de CPFs inativos de pessoas mortas. A informação foi divulgada pelo dfndr lab, laboratório de cibersegurança da Psafe. Esse banco de dados já estaria sendo oferecido em fóruns usados por criminosos digitais, segundo alerta a advogada Marina Andrade.

São informações como dados pessoais, incluindo CPF, foto pessoal, endereço, telefone, e-mail, score de crédito, salário, lista de familiares, bem como informações fiscais e previdenciárias. Vazamentos como esse abrem portas para a realização de golpes, nos quais o criminoso, para obter vantagem, se passa por outra pessoa.

>Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

O cidadão deve ficar atento e desconfiar de ligações, e-mails e mensagens suspeitas, especialmente aquelas que solicitam a confirmação de dados, solicitam senhas ou operação financeiras.

A advogada Marina Andrade explica como as pessoas devem se proteger:

>Sapiens Parque em Florianópolis fica inviável após decisão de vereadores

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas